Título da Redação: Tratando objetos como objetos.

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 2 anos por Junior Moreira


O Brasil sempre foi um país com desigualdades sociais evidentes, que fazem parte do nosso dia a dia. Seja em uma cidade que possui lado a lado, dois bairros com características sociais opostas, seja observando um morador de rua, essa realidade faz parte do nosso cotidiano.
Com o passar dos anos, porém, ela saiu do óbvio e passou a lugares menos comuns. Agora está no tempo de espera para entrar em uma festa, no atendimento que recebemos em um restaurante, na maneira como somos tratados pela roupa que vestimos ou pelo carro que dirigimos.
Esta é a "camarotização" que nós promovemos ao tratar nosso semelhante de maneira diferente, a julgar por características externas. E o momento em que isso acontece é quando precisamos refletir sobre o que nos torna, de fato, diferentes.
Devemos repensar nossos conceitos e utilizar nossos objetos com o objetivo para o qual eles foram criados.Um carro para locomoção. Uma roupa para nos cobrir e, dessa maneira, talvez, criemos uma sociedade menos segregada.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Shirlene Coelho

    Não se usa colocar ponto-final em títulos. Você escreve muito bem, seu texto está bastante claro e coeso, contudo os parágrafos estão bastante curtos e a argumentação está embrionária. Procure desenvolver mais a discussão apresentada: Quais são as causas para o aumento e evidência dessa segregação social? De que maneira isso impacta a vida em sociedade? Como isso pode prejudicar a democracia no país? É necessário que você exponha as consequências dessa "camarotização", como a segregação de classes retarda a democracia no Brasil. Você possui grande potencial, é preciso, apenas, que você busque explorar ao máximo as ideias que serão desenvolvidas por você, ok? Um abraço e bons estudos! Shirlene.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás