Título da Redação: Feudalismo contemporâneo

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Nathalia Blaudt


Há séculos, a Europa tinha por foma administrativa o feudalismo, o qual tinha por principal característica, a sociedade estamental ou seja, dividida em classes. Essa características está, agora, se instalando no Brasil pela segregação que vem acontecendo de forma sórdida.
Antes de tudo, é válido analisar que a democracia, desde a Grécia Antiga, tende a promover o "bem comum". No entanto, de acordo com o pensador Durkheim, as pessoas têm buscado, cada vez mais, o "bem individual" pelo seu individualismo exacerbado. Assim, é evidente que a "elite" inicie um processo de segregação.
Desse modo, se torna recorrente a separação de classes, como por exemplo, em condomínios privados, áreas VIPs em shows e bares. O convívio em sociedade já não existe mais pela ideologia de distinção e superioridade que se tem criado.
Sendo assim, ainda é possível discutir que uma ideologia, segundo Gramsci, cria uma verdade irreal aceita por todos. Assim, ela é imposta na sociedade determinando a separação dos "privilegiados" dos "inferiores. Logo, é fundamental que se estagne tal processo.
Em vista disso, é visível o grande retrocesso que o país tem avançado. Sendo assim, é preciso que o governo amplie medidas para elevar a classe "inferior" para um patamar maior, como a melhora de condições básicas, como a saúde, educação e transporte. Dessa forma, se torna possível o alinhamento das classes e o bloqueio de uma ideologia que leva a um sistema feudal.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    A introdução está confusa e passa a impressão de estar incompleta, pois não situa o leitor de modo satisfatório acerca do tema que será abordado. Repare que do modo como foi dito pelo candidato, entende-se literalmente que o Brasil está adotando o sistema feudal como exista na Europa. A segregação entre as classes está se "instalando" agora no Brasil? Certeza? Não se trata de um processo mais antigo? As citações no desenvolvimento estão confusas, não se sabe o que é teoria dos filósofos citados e o que é opinião do autor da redação. Apesar disso, a argumentação é consistente. A proposta de intervenção sugere que "o governo amplie medidas para elevar a classe inferior para um patamar maior", mas o que isso significa em termos de ações práticas? Como melhorar os serviços públicos abordados? E além do governo, quem mais (escola, família, instituições religiosas, ongs, etc) poderia promover ações para a resolução do problema?

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    A introdução está confusa e passa a impressão de estar incompleta, pois não situa o leitor de modo satisfatório acerca do tema que será abordado. Repare que do modo como foi dito pelo candidato, entende-se literalmente que o Brasil está adotando o sistema feudal do modo como exista na Europa. A segregação entre as classes está se "instalando" agora no Brasil? Certeza? Não se trata de um processo mais antigo? As citações no desenvolvimento estão confusas, não se sabe o que é teoria dos filósofos citados e o que é opinião do autor da redação. Apesar disso, a argumentação é consistente. A proposta de intervenção sugere que "o governo amplie medidas para elevar a classe inferior para um patamar maior", mas o que isso significa em termos de ações práticas? Como melhorar os serviços públicos abordados? E além do governo, quem mais (escola, família, instituições religiosas, ongs, etc) poderia promover ações para a resolução do problema abordado?

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás