Título da Redação: Do alto da arquibancada

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há mais de 2 anos por Ana Alice Sudré


A Idade Média acabou há séculos, entretanto, ainda é possível observar na sociedade contemporânea características da chamada Idade das Trevas. Isso pois a essência da estrutura excludente de privilégios do Antigo Regime não desapareceu por completo. Com isso, observa-se a utilização do espaço como agente segregador, e essa divisão em estamentos sociais não é benéfica, pois fere um dos princípios básicos da democracia: a igualdade.
O processo de camarotização social promove a perda da diversidade cultural nos espaços. A condição econômica de uma classe define seus locais de moradia, lazer e estudo, e, com isso, a igualdade pregada pela democracia é substituída pela "privatização" da vida social e dos espaços. Essa perda de convívio entre as diferente classes dificulta o a interação entre as diferentes culturas e modos de pensar, e, mais do que isso, acaba por aumentar essas diferenças. Exemplo disso é o processo de autossegregação. pelo qual classes de maior poder aquisitivo decidem morar em condomínios fechados, a fim de não terem que conviver com os mais pobres.
Além disso, o processo de criação de diferenciação entre locais "Vip's" e comuns provoca a "cultura da ostentação"m na qual é importante, além de possuir, mostrar que o faz. E o incremento das redes sociais acaba potencializando esse processo de espetacularização capitalista. Os que têm mais dinheiro se acham superiores aos que não têm, e, o fato de os observarem do alto de caros camarotes acaba potencializando esse errônea sensação. Esses indivíduos se esquecem, porém, que, de acordo com a Constituição, todos têm os mesmos direitos e deveres.
A sociedade segregada é, portanto, prejudicial ao ideal democrata do Brasil. Assim, é fundamental que o Estado atue, a partir de políticas públicas que visem a criação de espaços públicos de qualidade que promovam o convívio de todas as classes sociais, ainda através do realização de eventos gratuitos, como shows e exposições de arte. Além disso, a mídia pode contribuir através de campanhas publicas que retratem e valorizem o cotidiano das classes mais humildes.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Gilmar Fava

    Olá, Vejo que o seu texto é superinteressante. Há muitas coisas importantíssimas na argumentação e seus textos, a virem com essa performance, serão muito importantes. O que penso ser importante para você, neste momento, é a questão de rever assuntos da gramática que nunca devemos esquecer. O porquê disso? Claro! Precisamos nos lembrar sempre que o que falamos influencia no que escrevemos e precisamos, constantemente, rever as normas da língua que estão na gramática, porque para escrever, precisamos cuidar das regras. Com isso, sugiro que reveja, com atenção, temas como: conexão de períodos com conjunções, uso de preposições (neste caso é a regência nominal e verbal) e, em alguns momentos, o uso correto dos sinais de pontuação que são importantes para dar sustentação aos textos que produzimos. Com isso, esperamos que você possa continuar a produzir os textos, construir e elaborar argumentos que podem contribuir muito para o seu próprio crescimento textual. No mais, seja bem-sucedido e elabore mais textos para podermos te orientar. Sucesso!

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás