Título da Redação: Mais que um atendimento

Proposta: Humanização no Atendimento à Saúde.

Redação enviada há cerca de 3 anos por Diniz, estevone


O Brasil se encontra em uma posição delicada quanto aos seus médicos, que a cada dia prestam um atendimento cada vez mais superficial e automático. Sem qualquer aprofundamento em questões relacionadas ao íntimo, não só ao estado físico do paciente.
Há hoje, uma escassez de médicos mais humanizados, que adentrem e conheçam mais à fundo a vida e os problemas daqueles que vem lhe recorrer, como sendo sua esperança de melhora. Em alguns casos, problemas físicos, presentes e futuros, podem ser evitados, tratando de temores que nem sempre estão relacionadas a causas externas.
Na idade média, em meados do século Xl, eram lecionados nas madrassas, para os estudantes de medicina, como tratar corretamente um paciente. Na Pérsia ou no Egito por exemplo, haviam aulas de como adequar o leito do enfermo de acordo com seus costumes, sua alimentação e seus hábitos. O que o deixava mais à vontade para que pudesse sanar, mesmo que parcialmente, alguns de seus problemas físicos.
Para à melhoria deste problema, deve-se adotar uma forma de ensino diferenciada nas instituições de ensino superior da área de humanas, onde os alunos possam aprender a como lidar melhor com os problemas e queixas de seus pacientes. Como dizia Mario Quintana, "O segredo é não correr atrás das borboletas, é cuidar do jardim para que elas venham até você".


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Enviado por Túlio Nicolas

    Gostei da redação e dos argumentos propostos, mas a frase do Mario quintano no fim foi desnecessária e também sem sentido com o resto do texto, mas de resto está ótima.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás