Título da redação:

Descaso no Atendimento médico

Tema de redação: Humanização no Atendimento à Saúde.

Redação enviada em 07/02/2016

Comenta-se, com muita frequência, a respeito de pessoas que foram destratadas por médicos em hospitais, ou que os mesmos não receberam a devida atenção. Fica uma dúvida se somos pessoas ou somos só mais um paciente qualquer na rotina dos médicos. Há uma grande diferença entre ser só mais um e ser uma pessoa, as pessoas não desejam ser só as “próximas” da fila de atendimento, querem e tem de ser vistas como um ser humano, exclusivo, único e diferente, dispondo de sua privacidade, tempo e confiança para ser atendido com aquele médico em especifico; Caso este, provado pelos laudos médicos que normalmente só trazem informações reduzidas da história contada pelo paciente, tratam geralmente só das partes mecanizadas do corpo (batimentos cardíacos, pressão , etc.) . Os profissionais na área da Saúde não devem considerar sua profissão como só um trabalho igual qualquer outro, aquele no qual preocupamo-nos com a hora de ir embora para não perder a novela ou filme, mas claro, os profissionais tem que ter sua vida pessoal, porém, a partir do momento que fazem a escolha dessa profissão (salvar vidas), tem que estar cientes da privação do seu tempo e responsabilidades. Visto o mencionado, é fato de que a atitude dos profissionais da saúde deve mudar. Deveria ser imposta uma lei para humanização no atendimento dos médicos, e esta, acompanhada de uma auditoria das histórias detalhadas do paciente em laudos médicos; Além disso, pacientes “espiões” para avaliar o atendimento dos profissionais, arriscando os mesmos a suspensão do CRM. Afinal, uma vida, não é um produto.