Título da redação:

Sem título

Tema de redação: Preservação do Patrimônio Histórico Cultural brasileiro

Redação enviada em 21/03/2019

Parafraseando Edmund Burke, quando o homem não conhece a sua história, ele está fadado a repeti-la. Sob esse viés, embora o Brasil seja detentor de vastas riquezas culturais, sofre com a perda gradual da memória histórica cultural do país em decorrência do descaso e da falta de investimentos na manutenção dos patrimônios culturais nacionais. Mormente, sabe-se que o Eurocentrismo, ideologia que infere a Europa como centro cultural do mundo, subjugou e dizimou diversas manifestações culturais de origens indígenas e africanas, especialmente no Brasil. Assim, é de suma importância a existência dos museus, bem como dos monumentos históricos, como uma fonte de conhecimento acerca das civilizações e culturas que permearam a sociedade brasileira e hoje compõem esse tecido social. No entanto, o Estado peca no que diz respeito ao investimento, à conservação e à fiscalização desses patrimônios, de modo que muitos artefatos são perdidos por falta de cuidados ou mesmo a visitação pública torna-se perigosa por problemas estruturais nos prédios. Outrossim, sob a ótica de que os fatos históricos podem servir como um prelúdio para acontecimentos futuros, o desconhecimento da população acerca de seu passado histórico pode acarretar na repetição desses fatos. Nesse sentido, a Alemanha, por temer a reascensão dos ideais nazistas, investiu na reconstrução de museus destruídos durante a Segunda Guerra Mundial e construiu monumentos para lembrar a população dos horrores vivenciados pelas vítimas desse período histórico. Desse modo, é fundamental que uma população tenha à sua disposição locais seguros e bem equipados como um meio de adquirir conhecimento histórico e social que a auxilie a garantir seus direitos básicos, eleger políticos capacitados e fortalecer a representatividade quanto às minorias sociais. Em suma, urge que medidas sejam tomadas para garantir a preservação do patrimônio histórico cultural brasileiro. Para isso, cabe ao Governo Federal destinar verbas para a manutenção de museus e monumentos, a fim de promover reformas que garantam a segurança da população, bem como a preservação dos artefatos. Ademais, cabe ao Corpo de Bombeiros Militar planejar e fiscalizar medidas de prevenção e combate a incêndios e desastres em estabelecimentos públicos. Desse modo, será possível que o homem faça-se não só conhecedor de sua história, mas, sobretudo, detentor de seu futuro.