Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: A ostentação e o consumismo.

Redação enviada há cerca de 2 anos por Valdemar


Há uma ideologia que está cada vez mais ganhando adeptos no século XXI: a cultura da ostentação. Os mais atingidos por esse fenômeno são os jovens da nova classe C, já que o cognitivo deles impulsionam a aquisição de roupas de griffe, boné e tênis de marca etc. Entrementes, nota-se o consumo exacerbado desses recursos, mormente as vestimentas. Em virtude disso, entende-se que o ato de ostentar promove consequências negativas, tanto para a natureza quanto ao progresso social.
A ostentação evidencia as desigualdades sociais. Decorrente da má distribuição da renda, o privilégio de uma pequena grei e as ambições dos capitalistas, muitas pessoas sofrem com a fome, a miséria e a marginalização. Além disso, a cultura brasileira proporciona uma falsa noção de que é mais importante ter do que ser. Isso corrobora conflitos como retratado na música " resposta ao funk ostentação" de Edu Krieger, " se o moleque não tem condição de entrar nesse mundo grão-fino, isso pode virar frustração". Somando isso,,logo, ao fato de que as classes dominantes usam o consumo para manter as relações de poder, em que visam o capital e a padronização.
É fundamental pontuar,ainda, que esse consumismo promove danos à natureza. Um exemplo disso é que o ser humano consome mais do que a Terra pode suportar, conforme estudo realizado pelo Ministério do Meio Ambiente, no Brasil. Outro fator nocivo é que existem contatações de fábricas, ao engendrarem seus produtos, não respeitam o meio. Esses recursos são compostos em sua maioria de madeira e polímeros, sendo os mais problemáticos. Portanto, partindo da concepção demográfica de Thomas Malthus, quanto mais a população adquire bens alienadamente, maior a possível decadência humana.
Destarte, cabe às fábricas começarem a produzir produtos ecologicamente aceitos, a fim de atenuar os impactos ambientais. Outrossim, é indispensável que ONGs ministrem palestras sobre sustentabilidade e as ofensas que a ostentação delibera nos indivíduos. Por fim, é preciso que as famílias e o Estado criem mecanismos de educação quanto ao consumo para os jovens, uma vez que eles são os futuros consumidores.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás