Título da Redação: Um muro entre dois mundos

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Bela


Sociedades marcadas por padrões econômicos, em que se divide classes sociais como: baixa, média e alta renda ,é uma realidade presente em grandes centros urbanos, como no Rio de Janeiro, onde os mais bem sucedidos oprime os menos favorecidos ,que é o caso de favelas e condomínios.
No mundo financeiro prioriza-se aqueles que possuem uma renda melhor. Entretanto, todos obtém os mesmo direitos garantidos perante a lei, mas muitos deles são desrespeitados , talvez por falta de informações ou por descaso de uma parte da sociedade hipócrita, no que se resulta no caus de pobreza.
Os moradores de favelas as residem não por querer, mas sim por falta de opções e pelas condições financeiras que mau dão para seu sustento. Com isso aumenta o índice de criminalidade, por falta de uma boa educação, saúde,melhores condições de vida e por uma cruel realidade que os oprime sem piedade.
O problema só existe pelo simples fato de achar que certas classe sociais são inferiores a outras que possuem mais bens. Esse fato não é geral, pois alias, condições financeiras condis ao esforço e a capacidade de sua conquista, isso significa que qualquer pessoa é capas de obter um futuro bem sucedido.
Muitas pessoas não tem um bom estudo e acabam sendo vitimas de uma educação desfavorecida,mas mesmo assim esse fato pode ser mudado com mais oportunidades,onde o poder político pode entrar com projetos educacionais e incentivadores para crianças e jovens ,fazendo com que possam ter um futuro melhor, mas melhor para todos.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    Redação com erros recorrentes de concordância ("os mais bem sucedido oprime"), pontuação, grafia ("caus", "condis", "capas", etc) e acentuação. Uso indevido do "onde" no último parágrafo. Desconhecimento do uso de mau/mal no quarto parágrafo. Atenção ao parágrafo de uma linha, que deve ser incorporado ao parágrafo seguinte ou anterior. A argumentação é (apesar de válida) confusa, além de permanecer na superfície, não aprofundando a discussão do tema. A proposta de intervenção é vaga, sugere apenas que o governo promova projetos educacionais, mas que tipo de projetos? De que maneira esses projetos se estruturariam? Quais os papeis de outros agentes como escola, família, ongs?

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás