Título da Redação: O muro que esconde as igualdades.

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há quase 3 anos por Sara Fernandes


O Brasil é um dos países que contém os mais diferentes tipos de pessoas, classes sociais, estilos de vida e ainda assim pessoas humildes tem que conviver com a falta da segregação social, isso chega a ser vergonhoso em um país tão moderno e evoluído em alguns aspectos.
Não é de hoje que se convive com a segregação social no brasil, mesmo que as coisas tenham melhorado um pouco ainda é possível ver a forma diferente que as pessoas são tratadas quando são mais pobres. Pessoas de baixa renda e moradores de bairros mais humildes tem pouco acesso a coisas boas, enquanto os mais ricos estão repletos de coisas para usufruir. Doentes que se internam em hospitais particulares são melhores tratados do que aqueles que estão internados em hospitais públicos, enquanto os ricos são tratados como reis quando estão em uma cama de hospital, o pobre mal é tratado.
Levando em consideração esses aspectos o governo deveria tomar atitudes melhorando a situação de locais públicos, favelas dando a bairros mais pobres mais lazer, cultura e acesso a coisas que valem a pena, e a sociedade deveria aprender a ter mais respeito e consciência pois alguns podem ter mais que outros, mas ninguém é melhor que ninguém, logo, as diferenças seriam reduzidas e o muro que foi construído em volta de cada classe que vivemos ficaria menor e as igualdades seriam destacadas enquanto as desigualdades começariam a ser excluídas do mundo.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Enviado por Binho Galdino

    Sara, você tem uma escrita muito boa, mas aproveite-se melhor disso. Ao ler o seu texto, você me passa a impressão de conceitos pré-moldados, acho que é por causa de algumas figuras de linguagem que não soam bem. Como no trecho "ricos são tratados como reis numa cama de hospital", você tem um potencial muito bom. Outra coisa que percebo é na sua conclusão, você fala de uma "camarotização social", mas acho que esse termo não ficou adequado na sua colocação. Além disso, você também coloca todas as soluções no governo e esquece do papel que nós cidadãos temos enquanto agentes motores da realidade. Um abraço!

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás