Título da Redação: O "Laissez - Faire" Contemporâneo

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por usuário anônimo.


Desde o mais longo reinado da história, com Luis XIV, o "Rei Sol", a existência da segregação das classes sociais demonstra o quão diferente é a vida daqueles que não são submetidos ao luxo diário. A construção do Palácio de Versalhes, na França, foi uma forma de escape ao rei. Migrar para uma região distante da capital, seria uma forma eficiente de tornar os portões reais inacessíveis às classes inferiores. Contudo, a prevalência de um "Laissez - Faire" moderno faz com que a sociedade atual se encontre em um estado de privatização e discriminação de classes sociais.
Relacionar Versalhes com a realidade brasileira é uma questão simples. A preocupação da elite em não se misturar às diferentes classes é uma das principais causas da segregação. Um outro problema relacionado à essa questão é a dispersão da democracia, uma vez que a própria origem da palavra a define como "governo do povo".
Apesar de todo o impacto causado pela discriminação social sem fronteiras, é possível imaginar uma correção através da educação. Educar desde à infância é a forma mais sensata de criar e de preparar um indivíduo para o mundo atual. É possível perceber que, na grande maioria das vezes, a convivência entre crianças mesmo que de classes distintas é totalmente pacífica. Crescer aos olhos desta indiferença é salutar para a sociedade futura.
Não há fórmula pronta para lidar com a segregação social, mas existem maneiras acessíveis que tornam mais fácil esta adaptação ao meio. Assim como disse René Descartes, "Não existem métodos fáceis para resolver problemas difíceis".


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    A argumentação é muito consistente. Falta, entretanto, foco na realidade brasileira e aprofundamento no tema. A proposta de intervenção sugere "uma correção através da educação", mas como isso aconteceria? Por iniciativa de quem? Além disso, textos formais devem evitar começar ou terminar com citações. As citações devem aparecer ao longo do texto, e o candidato deve iniciar e finalizar o texto com a sua própria voz.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás