Título da Redação: Limitando os excessos e abusos nos trotes universitários

Proposta: Trotes universitários

Redação enviada há mais de 2 anos por BrenerFélix


Os frequentes casos de excessos e abusos relacionados aos trotes universitários têm provocado uma variedade de indagações sobre os limites em si. Trata-se de uma sociedade que está tornando tal prática tradicional em atos de violência e lesão moral. Tais fatos se evidenciam pela investigação e administração ineficiente das universidades que são dificultadas pela falta de denúncia, causada pelo temor provocado pela ameaça dos infratores.
Desde o surgimento das primeiras universidades, na Idade Média, há a existência de tais trotes como uma forma de batismo de passagem, porém a juventude atual e sua mentalidade violenta tem transformado tal costume em crimes, concernente à isso o filósofo, neurologista e fundador da psicanálise Sigmund Freud, já havia concretizado tal ideologia em sua "Teoria Eros e Thanatos".
Somado a isso, deve-se relatar também a falta de administração e punição das faculdades que não estão voltadas objetivamente para o caso em si. Contudo, os processos de imputabilidade e punição são prejudicados pela carência de denúncias. Em essência, o problema se caracteriza como um transtorno complexo, pois é preciso uma harmonia entre as instituições e as vítimas.
Dessa forma, percebe-se que as universidades devem combater e administrar o expresso contorno de excessos e abusos nos trotes. Com esse objetivo, a criação de programas de intervenção, investigação e conscientização, focalizando tal vicissitude, através de políticas administrativas que possam conduzir para os universitários a necessidade de consentimento prévio para realização dos batismos de passagem pode ajudar a amenizar de maneira eficaz o problema em si.

Receba 48 Redações Corrigidas por apenas R$ 18 por mês*.
Clique e conheça nossos planos de Correção de Redação.

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás