Título da redação:

Redação sem título.

Tema de redação: Os dilemas encarados pelas pessoas autistas na sociedade brasileira

Redação enviada em 14/06/2018

Contemporaneamente, a série ‘’The big gang theory ‘’ da Warney tem em um dos seus personagens principais Sheldon Cooper a qual o autismo é conexo ao alto nível de inteligência ,além disso , de uma forma cômica no enredo ele demonstra o quão complexo é aderir a mudanças repentinas e ao contato físico .Portanto, é indubitável que os agravantes desse enunciado sejam o defecit social em lidar com autistas e a subestimação que a sociedade engloba sobre eles. Primordialmente, em Esparta ,assim como, em Roma era cultural o genocídio de pessoas com algum tipo de doença ,exibindo o quão infame era o povo ao se tratar de seres-humanos .Ademais ,lamentavelmente cedido a esse breve período histórico se pode observar os preceitos obsoletos vigentes, como paradigmas ,o diagnóstico de autismo tardio, a ausência de autistas nas universidades ,informações sobre a doença e o grau de autismo ,expondo ,desse jeito, que o impasse não tornou-se esclarecido ,pois a sociedade é um iceberg , a qual expõe seus mínimos feitos ,escondendo o enorme bloqueio em lidar com doença crônicas .Dessa maneira, é explícito que os pequenos avanços ainda estão rústicos ,em visão de, preferir ignorar o que existe a resolver. Somando-se a isso , a também série ‘’ The good doctor ‘’ da ABC studios ,tem em seu personagem central o dr º Shaun Murphy, que em um contexto mais dramático salienta ao decorrer de todos os episódios que é tão capaz de exercer a medicina como os demais, além do mais ,é lastimável que cenas como essa seja comum na vida de um autista ,uma vez que, incredulamente a todo momento esses tentam visibilizar que apesar de um defeito genético são igualmente aptos, devido a isso , ocasiona-se um dos cruciais dilemas vigorantes ,que é desmerecer o intelecto de um autista .Dessa forma, é nítido que o impasse de socializa pessoas autistas não se encontra neles e sim com outras que o inapta para isso . Dado os argumentos, é irrefutável que haja ação do Poder Legislativo ,juntamente com o Ministério dos Direitos Humanos , criando uma lei, com o intuito de abranger os direitos de pessoas com transtorno de espectro do autismo, introduzindo-os ao mercado de trabalho, faculdades ,convívio social e prevenido de preconceitos ,divulgando por meio de jornais midiáticos e sites o quão necessário é torna cristalino a luta diária de um autista , para que posteriormente preconceitos construídos em Esparta e Roma possam não existir .Por conseguinte, com essa medida ,faz-se resolver a adversidade.