Título da redação:

O uso de celular em sala de aula: ferramenta de aprendizagem ou distração?

Tema de redação: O uso de celular em sala de aula: ferramenta de aprendizagem ou distração?

Redação enviada em 01/06/2017

Autonomia,rapidez e ampla disponibilidade de informações: sutis características do ambiente escolar. Desse modo,para que se fomente a perspectiva de uma educação de equidade,é preciso promover Justiça Social e que se articulem as Políticas Públicas.Por conseguinte, qualificar a equipe pedagógica e ampliar o acesso á informações seriam alternativas para enfrentar esse problema. O sociólogo polonês Zgmunt Bauman considera que a sociedade do século XXI é moderna de um modo diferente. Nesse sentido, os estudantes brasileiros com acesso á tecnologia,possuem mais autonomia para aprender e as vezes de forma mais rápida,conforme seu nível de aprendizagem.Exemplo disso,são as poucas escolas de São Paulo que adotaram a tecnologia como um auxílio para o aprendizado. O pedagogo brasileiro Paulo Freire dialoga com Vygoststy ao condenar a denominada "educação bancária",a qual prioriza a mera memorização em detrimento de um aprendizado significativo .Assim, as possibilidade que as novas tecnologias podem ofertar surgem como um complemento-uma vez que são apenas recursos e não um fim em si mesmas-para uma educação mais qualificada á medida que potencializam os saberes. Apesar da dificuldades que marcam historicamente a educação brasileira,faz-se necessária a adoção de medidas para tornar a tecnologia uma ferramenta presente em nossas escolas.Desse modo, a expansão do PRON/NFE- Programa Nacional de Informática nas Escolas- pelo Governo Federal em parceria com os Estados por meio da aquisição de mais equipamentos. Outra medida interessante seria a capacitação dos profissionais,bem como a instituição de programa social que,diante de incentivos créditos e fiscais,facilitaria a aquisição dos mesmos pela população.Acredita-se que com essas medidas haverá igualdade.Contudo, se educar é desafiar como aventava Kygoststy,que comecemos desafiando nossas próprias limitações.