Título da redação:

Conceitos desmitificados.

Tema de redação: Evolução do conceito de família

Redação enviada em 29/09/2017

O conceito de família vem se transformando e se moldando em diversas tipificações do século XXI.Instituição basal,no qual se tem o primeiro contato com o amor e a educação, visto que, o desafio principal é transpor valores,princípios verdadeiros sem impasses sociais e a proteção de mais diversas definições distorcidas sobre família,atualmente. Em primeira estância, o padrão familiar moldado nas antigas famílias coloniais,europeias enraizou-se na mentalidade empobrecida da sociedade contemporânea,no qual, não se adaptara a diversas mudanças como as relações homoafetivas ,adoções por casais homossexuais, casamentos ou união estável.Sob essa viés, o preconceito e o desrespeito embasados nos valores que são repassados aos filhos de geração a geração mistifica-se as diversas facetas erradas,assim colaborando para a dificuldade de um conceito firme sobre o que é uma família. No que configura a um novo cenário familiar contemporâneo,as Escolas,a Sociedade e a Mídia ,além dos Âmbitos religiosos,por sua vez,fomentam o descaso e a intolerância, seja em ocultar sua propagação,não frisar a liberdade de expressão ou por meio da persuasão midiática do que é aceitável ou reprovável.Em segunda estância,faz-se necessário analisar os tempos modernos com os mais distintos tipos de relações,sobretudo,pela a ampliação(46,6%,segundo a revista Época) dos grupos L.G.B.Ts(lésbicas, gays,travestis, transgêneros) e suas formas de extensões amorosas como adotar crianças esquecidas em orfanatos,casamentos que não fere os direitos humanos e outras formas de disseminação do amor diverso. Logo,para que esse conceito padrão seja remodelado,cabe as Instituições escolares com o meio de formação ética e moral,os professores e psicopedagogos orientar e ensinar as novas tipificações de famílias e suas transformações ao decorrer dos tempos,com o intuito de frisar as ampliações das relações homoafetivas . Outrossim, a mídia adjunto com Organizações familiares promover propagandas e campanhas por meio de atores e atrizes famosas com o objetivo de desmistificar as novas formas de amar e salientar a importância de se entender e aceitar ou ao menos respeitar familiar e suas diversidades.