Título da redação:

Redação sem título.

Tema de redação: O cenário do mercado de trabalho no Brasil

Redação enviada em 25/02/2016

A estrutura social atual brasileira tem contribuído significativamente para a explicita aclamação por mais oportunidades no setor trabalhista. Incentivos governamentais para a inserção no mercado de trabalho estão sendo feitos, porém com êxito? Percebe-se ainda um grande número de desempregos, em que as exigências educacionais apenas aumentam sendo um vetor contrário às oportunidades. Para isto, a presidente Dilma apontou como prioridade, segundo o ministro do trabalho e da previdência social Miguel Rossetto, recuperar a economia e abrir novos postos de trabalho. O Pronatec inclusive, foi criado no intuito de expandir as oportunidades educacionais e de formação profissional. No entanto, a sociedade está passando por um processo de “canibalismo”, em que para suprir as exigências do mercado e não se enquadrar na estatística do desemprego, é necessário “devorar” seu concorrente. Esta metáfora se aplica principalmente pela vinda da tecnologia que exigiu uma necessidade maior de informação a um número menor de pessoas e para os que não conseguiram se adaptar ou apenas não tem a oportunidade são deixados de lado. Com isso, percebe-se o desenvolvimento na estrutura trabalhista sem muitas tentativas de incentivos ao acompanhamento das atuais mudanças, pois muitas pessoas que antes tinham apenas o ensino médio incompleto ou menos, agora devem ter no mínimo algum curso técnico para tais exigências e, vale lembrar que, o único aviso prévio que estes tiveram foi a carta de demissão por não estarem mais qualificados. Portanto, é preciso mais transparência e mais oportunidades, não apenas de emprego, mas de qualificação profissional, pois o emprego hoje está ligado a informação e para o êxito na inserção do mercado atual precisa-se urgentemente que sejam feitos mais incentivos governamentais para a educação, isto é, se caso esta seja a real intenção dos governantes.