Título da redação:

PRIMEIRO DE MAIO

Tema de redação: O cenário do mercado de trabalho no Brasil

Redação enviada em 26/09/2018

PRIMEIRO DE MAIO CARACTERIZADO COMO O DIA DO TRABALHADOR, PRIMEIRO DE MAIO RETRATA A IMPORTÂNCIA DA EMANCIPAÇÃO TRABALHISTA. CONTUDO, O DESAFIO DA MULHER NO PROCESSO LABORAL, AMPLIA OS PROBLEMAS INERENTES AO CENÁRIO DO MERCADO TRABALHO BRASILEIRO. COM ÊNFASE, É INCOERENTE A PERPETUAÇÃO DESSA SITUAÇÃO, MESMO EM UMA ESTADO QUE BUSQUE O PROGRESSO. PRIMORDIALMENTE, O AVANÇO RETRÓGRADO LABORATIVO BRASILEIRO SE RELACIONA COM PERSPECTIVAS SOCIAIS. NESSE VÉRTICE, EM ASSONÂNCIA AO CONCEITO DE “MORAL DE REBANHO” PROPOSTO PELO FILÓSOFO FRIEDRICH NIETZSCHE , O PENSAMENTO HUMANO É SUBMISSO AOS VALORES DOMINANTES. DESSA MANEIRA, PARTE DA POPULAÇÃO TEM COMO IDEAL DOMINANTE A REPRESENTAÇÃO DA MULHER COMO “DONA DE CASA” , E , POR ISSO, EXISTE, NÃO RARAMENTE, UMA PRECONCEPÇÃO DELA TAMBÉM NO SETOR EMPREGATÍCIO , EXEMPLIFICANDO-A COMO INCAPAZ DE ALCANÇAR PRESTÍGIO NO EMPREGO E , MUITAS VEZES, EXCLUINDO-A DE EXERCER UM CARGO SOMENTE PELO FATO DE PERTENCER AO GÊNERO OPOSTO.NESSE PARÂMETRO, A PERSISTÊNCIA DESSE PROBLEMA TORNA INCONCRETA A ASCENSÃO POSITIVA DO MERCADO DE TRABALHO. A POSTERIORI, HÁ FACETAS HISTÓRICAS PERTINENTES AO VIÉS TRABALHISTA BRASILEIRO. SOB ESSE FATO, O ROMANCISTA ALUÍSIO DE AZEVEDO, NA OBRA “O HOMEM”, PUBLICADO NO FINAL DO SÉCULO XIV, POR INTERMÉDIO DAS CONDUTAS COMPORTAMENTAIS DA PERSONAGEM MAGDÁ, TIPIFICA A MULHER COMO UM SER FRÁGIL E DIMINUTO. ESSE PENSAMENTO, PORÉM, ASSEMELHA-SE A UMA CONCEPÇÃO ENRAIZADA EM UMA SIGNIFICANTE PARCELA ANTRÓPICA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO. DESSE MODO, A PERSISTÊNCIA DESSA IDEALIZAÇÃO REPRESENTA O VÍNCULO DE UMA NAÇÃO PÓS-MODERNA COM UMA SOCIEDADE PATRIARCALISTA EVIDENCIADA HÁ CERCA DE 100 ANOS NO ROMANCE E , POR ISSO, ENQUANTO ESSE PENSAMENTO EXISTIR, AS FORMAS MELHORIA DO CENÁRIO TRABALHISTA BRASILEIRO SERÃO INEFICAZES. É IMPRETERÍVEL, PORTANTO, QUE O PROGRESSO DO CENÁRIO DO MERCADO DE TRABALHO NO BRASIL SEJA EFETIVADO. ASSIM, O MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, ALIADO AO MINISTÉRIO PÚBLICO E ÀS ESFERAS MIDIÁTICAS, PROMULGARÁ UM DECRETO-LEI, ORDENANDO QUE OS DIRETORES DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DESTINEM EMPREGOS EM COTAS IGUAIS PARA TODOS OS GÊNEROS E DISSEMINARÁ, EM PROGRAMAS TELEVISIVOS E PROPAGANDAS JORNALÍSTICAS, A EQUIDADE DE GÊNERO EM ESCOLAS, CENTROS PÚBLICOS E INSTITUIÇÕES. ALIÁS, ESSA PARCERIA CAPITALIZARÁ EQUIPES DE FISCALIZAÇÃO EMPRESARIAL, PROCURANDO INTERVIR EM CENTROS EMPRESARIAIS QUE NÃO CUMPRAM COM AS DIRETRIZES MENSURADAS PELO DECRETO, COM O INTUITO DE GARANTIR A INIBIÇÃO DOS DESAFIOS DA MULHER NO MERCADO DE TRABALHO, BEM COMO EXTERMINAR O PRECONCEITO A ELA DENTRO E FORA DO AMBIENTE TRABALHISTA. DESSARTE, O OBJETIVO DA DATA PRIMEIRO DE MAIO SERÁ CONCRETIZADO.