Título da redação:

Desconstruindo ideologias sobre o trabalho feminino

Tema de redação: O cenário do mercado de trabalho no Brasil

Redação enviada em 20/08/2017

O Brasil sempre teve algumas desconstruções sociais, entre as quais podemos destacar a mulher que frequentemente tem encontrado "barreiras" ao entrar no mercado de trabalho. Com isso surge a problemática da desigualdade de gênero no trabalho que ligado intrinsecamente à realidade do país, seja pela insuficiência de leis, seja pela mudança de mentalidade social. Historicamente é possível notar que no século XIX, com a industrialização do Brasil, a mulher já ingressou-se no mercado de trabalho com inferioridade, e isso sempre ocorreu, voltando um pouco na história vê-se que a mulher era responsável apenas por trabalhos domésticos, não remunerados, o que muitas as impediam de fazer outras coisas Na sociedade contemporânea, no século XXI, essa realidade não mudou, a desigualdade salarial têm diminuído, porem de maneira lenta e irregular. De acordo com estatísticas do IBGE, a renda média das brasileiras é apenas cerca de 68% da renda média dos homens. Há no Brasil a CLT, Consolidação das Leis Trabalhistas, a qual resguarda a mulher no trabalho, possibilitando-a benefícios, mas na realidade não é o que acontece, os contratantes nem sempre cumpre o que é imposto pela CLT. O que "motiva" a sociedade sob a égide da legislação a não progredir socialmente. Infere-se portanto que a desigualdade de gênero no trabalho é um mal para a sociedade brasileira, pois não há como evoluir mentalmente e economicamente. Sendo assim cabe ao Estado criar meios para impor a lei já existente, cumprindo os artigos da CLT. Palestras devem ser introduzidas no âmbito estudantil para atenuar ideologias machistas. Assim poderá transformar o Brasil num país desenvolvido socialmente.