Título da Redação: Saúde pública : corrupção e vergonha

Proposta: Humanização no Atendimento à Saúde.

Redação enviada há mais de 2 anos por usuário anônimo.


Com a chegada do século XXI, os avanços na medicina parecem ter alcançado um patamar máximo. De modo que todos os dias, notícias relacionadas à cura de alguma doença e descobertas importantes em grandes hospitais são divulgadas. Todavia, apesar de tantos avanços na saúde, o povo continua, por vários motivos, a sofrer e por vezes morrer em condições precárias em hospitais públicos.
O primeiro e mais importante fator que leva a isso é o próprio desinteresse governamental. De fato, os políticos, não só brasileiros como da América Latina em geral, têm uma preocupação simplesmente voltada à popularidade momentânea. Assim, é preferível investir em construção de praças e parques públicos que trazem atenção e fama imediatos do que investir em escolas e hospitais, que demoram algum tempo para trazer resultados.
Além disso, há também que se destacar a corrupção. Por vezes, o pouco que é dedicado à saúde pública, acaba sendo desviado por políticos regionais. Assim, os hospitais públicos continuam a ter situação precária e o número de pacientes condenados a morre em indignos leitos - ou até mesmo nos corredores - não para de se multiplicar.
Por fim, é notória no Brasil a falta de médicos. Isso gera vários problemas e o maior deles é definitivamente o alto custo das consultas na rede particular, tornando-a ainda mais inacessível para a população. Essa situação, neste país, já passou a ser motivo de vergonha, e de fato, este é um dos países onde a rede particular de saúde mais arrecada dinheiro.
Desse modo, percebe-se que a saúde brasileira ainda está longe de ser humanitária. Para reverter isso, é imprescindível que haja um combate à corrupção através de um incentivo midiático que mobilize a população. Em relação à falta de médicos, é importante que várias faculdades de medicina sejam abertas e que programas como o mais médicos continuem a ser incentivados. Com isso, em um futuro próximo, os profissionais de saúde serão vistos apenas como profissionais e não mais como "semideuses".


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Pedro Henrique da Silva

    Olá, como vai? Eis o que foi pedido, conforme proposta de produção da redação que transcrevo: Seu texto deverá contemplar: a) o conceito de humanização no atendimento à saúde; b) o ponto de vista de cada texto sobre o conceito, assim como as principais informações que sustentam esses pontos de vista; c) as relações possíveis entre os dois pontos de vista. Em seu texto esses três pontos não ficaram claros, você discorreu sobre o problema de saúde em nosso país, mas não relacionou os três pontos principais que, repito, conforme consta da proposta de redação, deveriam estar presentes em seu texto. Só não foi caracterizado fuga ao tema porque você se refere à questão da saúde em nosso país e porque no último parágrafo você versa sobre humanização. Além do mais: Na competência 1 você praticamente não cometeu desvios, apenas um desvio no terceiro parágrafo, mas nada que comprometesse sua nota em tal competência. Você possui um bom domínio do padrão escrito formal da Língua Portuguesa. Na competência 2 você não atendeu ao esperado, primeiro porque não trabalhou as três ideias básicas contidas na proposta de redação e segundo porque em seu texto você não apresentou, explicitamente, a intertextualidade, ou, conforme descrito na competência 2, você não trabalhou com as outras áreas do conhecimento para a construção de sua argumentação. Mesmo que você não tenha atendido ao que foi proposto, faltou deixar mais explícito as outras áreas do conhecimento para a construção de sua argumentação. Em seus próximos textos procure construir seus argumentos utilizando as outras do conhecimento, tal como está presente na proposta de redação, que implicitamente trabalha com dados da psicologia e biologia quando versa que uma conversa do médico com o paciente ajuda no combate a doenças. Na competência 3, que é bastante semelhante a competência 2, você até apresentou informações como: "Por fim, é notória no Brasil a falta de médicos" e "este é um dos países onde a rede particular de saúde mais arrecada dinheiro". Porém não apresentou dados que comprovem que você está certa, ou melhor, não apresentou dados que comprovem suas informações. por exemplo: este é um dos países onde a rede particular de saúde mais arrecada dinheiro, conforme pesquisa realizada pela OMS/conforme estudos do autor X etc. Você pode até me perguntar: e a veracidade desses dados? Será que a OMS de fato fez essa pesquisa? Primeiramente não olhamos se a informação é verdadeira ou não, primeiro olhamos se você construiu sua argumentação de forma objetiva, de forma clara e convincente, não é nosso objetivo avaliar se a OMS fez ou não esse estudo, compreendeu? O que quis dizer é que sempre que você apresentar uma informação procure apresentar também um dado estatístico ou a voz de autoridade no assunto. Para se trabalhar bem essa competência é indicado ter o hábito de leitura, principalmente de jornais e revistas. Procure ler ao menos uma vez por semana, anote as principais informações de cada matéria e, dessa forma, você, literalmente, terá um "estoque" de informações para construir sua argumentação. Na competência 4 tenho que lhe dar os parabéns. Você teve um bom desenvolvimento linguístico de seu texto, soube articular bem o que você quis dizer. Por fim, na competência 5 você não elaborou muito bem sua proposta interventiva. Faltou mais detalhes, mais explicações. Você apresenta uma causa, mas não a consequência. Veja bem: "incentivo midiático que mobilize a população", como será esse incentivo? Perceba que não basta apenas indicar uma solução, tem que explicar sua ideia. E mais, conforme dados do MEC, algumas faculdades de medicina estão fechando as portas, pois não basta apenas ter várias faculdades de medicina no país (quantidade), é preciso que se tenha estrutura também, que o ensino seja de qualidade. Então, procure expor os motivos pelos quais você propõe a solução para o problema, ou melhor, exponha e explique os motivos. Finalizando, sugiro que você reescreva seu texto atendendo ao que foi proposto no tema. E não se esqueça de detalhar sua conclusão, apontando uma solução clara e objetiva. Espero que eu tenha sido claro e objetivo em meus apontamentos. Desejo-lhe sucesso e, qualquer dúvida é só me contactar que estou pronto para lhe auxiliar! Forte abraço.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás