Título da Redação: O humano por trás da máquina

Proposta: Humanização no Atendimento à Saúde.

Redação enviada há mais de 2 anos por usuário anônimo.


O conceito de humanização aplicado ao atendimento à saúde, segundo O Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar (PNHAH), trata-se da união entre os avanços tecnológicos e o bom relacionamento, visando a eficácia do procedimento e a satisfação do paciente. No entanto, apesar do fomento de órgãos e governo à essa prática, o cenário da saúde pública nacional não tem se mostrado condizente com essas definições. Oque se vê é cada vez mais a troca do bem-estar do indivíduo pelo bom funcionamento da máquina biológica.
Frequentemente pode-se encontrar na mídia nacional notícias que revelam verdadeiros desastres em âmbito hospitalar. A temática sobre a negligencia de profissionais da saúde para com pacientes tem sido bem explorada por esses veículos. A discussão, no entanto, não se perpetuou por onde deveria: as universidades.
Como local de formação, essas instituições possuem o poder de moldar o modo de agir de seus alunos, o que se refletirá na conduta do futuro profissional no mercado de trabalho. Ao manter o enfoque exclusivamente sobre o diagnóstico e tratamento de doenças, as faculdades têm deixado de lado o desenvolvimento de uma importante habilidade em seus acadêmicos, o relacionamento interpessoal. O resultado é a formação de médicos e enfermeiros sem inteligência emocional para conciliar o bom relacionamento com seus pacientes às suas realidades, o que os fragilizam ainda mais em um momento de dificuldade.
Além disso, o atual cenário de escassez de médicos no país faz com que os profissionais em exercício fiquem sobrecarregados. Dessa forma, buscam nas tecnologias e na redução do tempo de atenção aos seus pacientes uma maneira de agilizar sua rotina. Fazendo isso, ignoram relatos e informações preciosas que poderiam ser utilizados em sua decisão ou, ao menos, como forma de desabafo e conforto àquele que sofre.
Portanto, faz-se necessário a adequação de matérias sobre a humanização do atendimento na grade curricular das instituições de formação de profissionais da saúde, bem como a mudança de enfoque sobre a lida com o paciente, que deve ser retirado da condição de mera máquina biológica carente de ajustes, para o de ser vivo complexo e passível de se estabelecer uma boa relação. Somente assim, tanto médicos como pacientes deixaram de ser máquinas uns aos olhos dos outros.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Heloisa Ribeiro Rodrigues

    Caro aluno, você tem um domínio muito bom da modalidade escrita da língua. No entanto, erros graves e recorrentes empobreceram o seu texto, tais como: o mal uso de vírgulas, bem como de pontuação, em geral, colocação pronominal, certa confusão no emprego de preposições, artigos e crase, concordância, a presença de termos e expressões repetitivos, relativamente fracos (pouco complexificados, simplórios, previsíveis) ou inadequados em orações, a presença de frases mal formuladas, acentuação e, principalmente, uma argumentação ligeiramente cíclica, um pouco desestruturada - embora suficientemente coerente - e construída sob uma linguagem um pouco previsível e limitada. Diversifique e amadureça a sua escolha de recursos coesivos e lexicais, de modo que a sua redação se torne mais organizada, madura e refinada. Estude os pontos mencionados e continue praticando. Você tem bastante potencial. Grande abraço, Heloisa.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás