Título da Redação: País dos sonhos versus país dos pesadelos

Proposta: Brasil: o destino dos sonhos.

Redação enviada há quase 3 anos por Brunna Machado Medeiros


Desde a colonização a migração foi marcante no Brasil. Houve deslocamento forçado de negros a fim de serem escravos e espontânea de portugueses com o objetivo de angariar riquezas e povoar a nova terra. Além disso, tinham-se os índios, considerados pelos europeus como inferiores culturalmente. Toda essa mistura que compõe o cenário étnico brasileiro tem origem em 1500, mas ainda hoje é possível vê-lo. As migrações no País Tropical só cresceram depois de sua independência, fazendo do Brasil uma área de atração. Entretanto, essa área de atração é contradita com a xenofobia e com indiferença governamental.
Os cartões-postais brasileiros mostram uma nação alegre, feliz, democraticamente racial, tropical e com crescimento em alta. Todavia, isso deixou de ser realidade no final de 2014 quando a crise começou. O Brasil, que era uma área de atração com muitos postos de serviço, salário bom, boa qualidade de vida, se mostrou um país dotado de xenofobia com os novos habitantes. O canarinho, assim como nos países europeus, demonstrou seu medo de perder o emprego para a mão de obra desqualificada que adentrava o território nacional, culminando na aversão ao estrangeiro.
Além disso, os imigrantes que vinham com certeza de emprego, foram desiludidos ao perceberem que o “país dos sonhos” o enganou. Devido à crise, muitas demissões se concretizaram, a xenofobia se instalou e a situação para o estrangeiro piorou. O Brasil, que era uma área de atração, passou a ser de repulsão, e o descaso governamental ficou evidente. Muitos haitianos, paraguaios, argentinos e europeus que entraram no país não conseguiram se empregar onde haviam planejado, não receberam nenhum ajuda pública, como informações e respaldo, e foram forçados a trabalhar em áreas rurais por um mísero salário para não morrerem de fome.
Com o medo dos brasileiros de perderem emprego para os imigrantes, que têm mão de obra desqualificada e barata, a xenofobia se instala no país e o descaso governamental é tremendo. Ao não oferecer incentivos para esses imigrantes, que ajudariam o país a crescer, nem ajudando-os a voltar ao seu país de origem, o país dos sonhos passa a ser o país dos pesadelos, em que o PIB (Produto Interno Bruto) fica negativo, a inflação assola a população, os casos de discriminação ganham cada vez mais lugar nos noticiários e os salários ficam cada vez mais baixos.
Por isso, é necessário que políticas públicas sejam feitas pelo governo, a fim de dar respaldo aos estrangeiros ajudando-os na entrada no novo país, evitando que sejam expostos a trabalhos semiescravos nas regiões distantes das metrópoles. Além disso, é preciso que a mídia influencie a população a não ter práticas xenofóbicas contra os imigrantes, pois estes precisam de ajuda para se manter na nação, já que não conhecem as leis nacionais, nem o funcionamento da economia. Cartilhas informativas para os habitantes internacionais também seria viável para norteá-los na nova caminhada. A fim de que o Brasil retorne como país dos Sonhos, é de extrema importância que essas medidas sejam tomadas.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás