Tema de redação
As políticas públicas de incentivo à educação superior no contexto nacional

Textos motivadores

Texto 1

“Em 1997, apenas 2,2% de pardos e 1,8% de negros, entre 18 e 24 anos cursavam ou tinham concluído um curso de graduação no Brasil. O baixo índice indicava que algo precisava ser feito. A solução encontrada para que se diminuísse o déficit histórico de presença de negros e pobres nas universidades brasileiras foi a adoção de ações afirmativas por meio de reservas de vagas, que ficaram conhecidas como cotas. Porém, por todo o país, houve resistências à sua implementação. Após algumas universidades estaduais e federais aderirem à sistemas de cotas, os números apresentados no começo da matéria começaram a apresentar melhoras. Subiu de 2,2% para 11% a porcentagem de pardos que cursam ou concluíram um curso superior no Brasil; e de 1,8% para 8,8% de negros. Os números são do Ministério da Educação (MEC), em levantamento de 2013.”

Fonte: https://revistaforum.com.br/digital/138/sistema-de-cotas-completa-dez-anos-nas-universidades-brasileiras/ consultado em 25 de janeiro de 2016.

 

Texto 2

“Para acelerar o processo de inclusão de alunos nas IES Públicas o governo federal criou um sistema de gestão inteligente informatizado chamado – SISU – Sistema de Seleção Unificado gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC) no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM). O governo preocupado com a necessidade da expansão do ensino nas Universidades Públicas Federais criou um programa chamado REUNI, que tem por objetivo apoiar os Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, visando com isso buscar ampliar o acesso e a permanência na educação superior. A meta é chegar a 40% de alunos matriculados nos cursos de graduação no ensino presencial e à distância até 2020. Espera-se com isso aproximadamente um total de 4.890.350 alunos matriculados. O Programa Universidade para Todos (PROUNI) que foi criado em 2004, por medida provisória, e institucionalizado pela Lei nº 11.096, de 13/01/2005, e tem por finalidade conceder bolsas de estudos integrais e parciais a estudantes de cursos de graduação e de cursos sequenciais de formação específica, sempre em instituições privadas de educação superior. ”

Fonte: https://www.revistas.sp.senac.br/index.php/ic/article/viewFile/659/509 consultado em 25 de janeiro de 2016.

 

Texto 3

cotas2

Fonte:  https://mayarabrilhante.files.wordpress.com/2012/06/cotas2.jpg

Redações de exemplo sobre o tema As políticas públicas de incentivo à educação superior no contexto nacional

Leia as redações já enviadas para este tema.

Redação sem título.

Extremamente miscigenado, o Brasil também caracteriza-se pela desigualdade entre as diferentes classes e etnias desde...

Leia a redação completa

Redação sem título.

O Programa de Financiamento Estudantil(FIES) no contexto brasileiro representa a importância de práticas que visam...

Leia a redação completa

Redação sem título.

A expansão do ensino superior no Brasil se deu e 1808 com a implantação da Faculdade de Cirurgia da Bahia por Dom...

Leia a redação completa

Redação sem título.

A Constituição Cidadã, de 1988, em seu artigo 5°, assegura à todos o direito à vida, à igualdade e à liberdade. Entre...

Leia a redação completa

Redação sem título.

A Constituição Cidadã, de 1988, em seu artigo 5°, assegura à todos o direito à vida, à igualdade e à liberdade. Entre...

Leia a redação completa

Problemas na politica publica de cotas raciais e sociais

As politicas públicas são medidas ou programas que visam à garantia dos direitos da sociedade, estabelecidos pela car...

Leia a redação completa

politicas publicas

Politicas públicas Políticas públicas é um termo bem amplo que envolve todas as pessoas num compromisso colet...

Leia a redação completa

Políticas públicas e seus avanços

Com a necessidade da implementação de programas que contemplasse as diversas classes sociais e com a preocupação de a...

Leia a redação completa