Tema de redação
As dificuldades do desenvolvimento científico e tecnológico brasileiro

Textos motivadores

Texto 1

“eu sinceramente espero que essa declaração tenha sido citada fora de contexto, porque ela não é compatível inclusive com a formação acadêmica e com o histórico do governador”, disse à Folha a bioquímica Helena Nader, presidente da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), que declarou estar “chocada” com as críticas de Alckmin à Fapesp.

A pesquisadora lembrou que descobertas que estão na base da biotecnologia moderna, como a decifração da estrutura em dupla hélice (ou “escada torcida”) do DNA, em 1953, não pareciam ter nenhuma aplicação prática quando foram feitas. “Também lamento muito pela menção negativa à sociologia. Quanto mais estudo, mais compreendo que as ciências humanas são fundamentais”, disse Helena.

Para Ana Lúcia Vitale Torkomian, diretora executiva da Agência de Inovação da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos), a dicotomia entre pesquisa aplicada (que supostamente “serve para alguma coisa”) e pesquisa “puramente acadêmica” é falsa.

“Nenhum país é capaz de sustentar o desenvolvimento tecnológico a longo prazo sem pesquisa básica forte”, afirma ela. “Além disso, hoje a distância entre a pesquisa básica e a inovação tecnológica está muito mais curta, as descobertas ganham aplicações com maior velocidade.”[…]

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2016/04/1765028-alckmin-critica-fapesp-por-pesquisas-sem-utilidade-pratica.shtml

 

Texto 2

Diante da deterioração do quadro fiscal no país, cortes drásticos no Orçamento tornam-se inevitáveis. Correm mais risco, por certo, as áreas que não lidam com necessidades básicas da sociedade. poucos irão sustentar que é preferível financiar um programa como o Ciência se Fronteiras a manter os hospitais públicos funcionando.

Isso significa que setores como ciência e cultura poderão passar por um dilatado período de carência de recursos. Daí, todavia, não decorre que cientistas e artistas devam simplesmente resignar-se.

É sempre possível redimensionar os planos para adequá-los à nova realidade orçamentária. Em alguns casos, não é improvável que, mais enxutos e despidos de eventuais ambições descabidas, os projetos se tornem melhores.  […]

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2016/12/1838685-ciencia-possivel.shtml

 

Texto 3

A falta de investimentos e o excesso de burocracia dificultam o desenvolvimento de trabalhos científicos no Brasil. A pesquisa exige dedicação integral para assegurar uma bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, o CNPq. Cada vez mais os estudantes de cursos superiores como Física, Biologia, Engenharia e até Medicina perdem o interesse pelo trabalho científico. Isso é reflexo principalmente do baixo valor oferecido pela bolsa da chamada iniciação científica. Hoje, um estudante que gostaria de iniciar uma pesquisa ganha entre R$ 300 e R$ 400 por mês, e não pode exercer outro tipo de atividade remunerada.

O professor de Física Nuclear da USP, Alexandre Suaide, assinala que outros fatores também contribuem para o desenvolvimento fraco da ciência no Brasil. Ele explica que as bolsas de pesquisa são concedidas pelo CNPq com base em parâmetros de produtividade. Dessa maneira, quem publica mais tem maior chance de conseguir um financiamento do que aquele que desenvolveu um trabalho mais relevante. O diretor de Engenharia, Ciências Exatas, Humanas e Sociais do CNPq, Guilherme Sales Melo, diz que a situação do pesquisador no Brasil tem melhorado nos últimos anos. Em entrevista ao repórter Filipe Cury, ele falou sobre a burocracia e a necessidade de envolver a iniciativa privada na questão. O Brasil é um país visto como gigante emergente no âmbito da economia, mas isso não se reflete no potencial para geração de conhecimento científico. Diante do atual quadro da pesquisa no país, muitos estudantes de ensino superior e pós-graduação viajam ao exterior atrás de melhores oportunidades.

http://jovempan.uol.com.br/noticias/brasil/dificuldades-prejudicam-trabalhos-cientificos-no-brasil.html

 

Texto 4

cientistasFonte: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI339659-17773,00-O+QUE+TRAVA+A+CIENCIA+NO+BRASIL.html

 

 

Redações de exemplo sobre o tema As dificuldades do desenvolvimento científico e tecnológico brasileiro

Leia as redações já enviadas para este tema.

Pesquisar É Necessário

Diante de todos os avanços tecnológicos que presenciamos atualmente em inúmeras áreas, não é precipitado afirmar que ...

Leia a redação completa

A sociedade e o campo científico

A Sociedade e o campo científico É visível a grande dificuldade enfrentada pelas universidades de todo o país em rel...

Leia a redação completa

desenvolvimento?

O líder sul-africano contra o Aparthaid – regime de segregação racial negra – Nelson Mandela conceituava a educação c...

Leia a redação completa

Alunos hoje, pesquisadores no futuro.

O descobrimento do fogo e maneiras de como controla-lo, no passado, foram grandes descobertas. As inovações cientific...

Leia a redação completa