Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: A relevância do debate acerca do assédio sexual no Brasil

Redação enviada há cerca de 1 ano por usuário anônimo.


Ao analisar o contexto nacional vigente, percebe-se que quase 90% das mulheres já tiveram seus corpos tocados sem permição por estranhos, este dado numérico demostra a relevância de que haja debates sobre assédio sexual no Brasil. Desse modo, a pouca fiscalização governamental a lei que pune tal ato é a ineficaz abordagem do tema nas escolas são causas que contribuem para o aumento de tais números.
Em primeiro lugar, é importante compreender que o ato de assédio é qualificado como crime de constrangimento ofensivo ao pudor, com pena de reclusão no Brasil, porem, tal lei é pouco fiscalizada. Thomas Hobbes, em seu livro Leviatã, resalta o poder do Estado em criar, fiscalizar e efetivar as leis evitando o caos social e contribuindo para a harmonia na sociedade, está fiscalização é precariamente realizada no Brasil, pois como na maioria dos casos ocorre em lugares como transporte público é nas ruas se torna mais complicado descobrir seus autores em virtude que tais locais reúnen muitas vezes um grande aglomerado de pessoas, se tornando necessário mecanismos de investigação que puna os culpados por este covarde crime.
Em segundo lugar, as escolas como formadoras da sociedade, devem abordar este assunto com mais ênfase nas aulas. A Unesco publicou um relatório que fazia fortes críticas a educação brasileira por seu caráter conteudista que pouco ensina valores de cidadania. Este relatório é eficaz ao perceber que muitas escolas não debatem sobre assédio em suas aulas, o que deve ser mudado, pois as crianças é adolescentes podem sofre deste crime futuramente ou em pior situação praticar tal ato, é a educação deve ser usada para prevenir estas atitudes e gerar uma sociedade melhor é mais humanizada Nesta perspectiva, as escolas devem conversar com os alunos afim de mudar está alarmante situação.
Em suma, cabe ao governo e as escolas a tarefa de reverter este quadro. O governo deve criar órgãos que fiscalizem os crimes de assédio, através da implantação de comeras nos ônibus é metros e de um maior policiamento nas ruas, para que estes lugares, onde os crimes acontecem com maior frequências, sejam seguros para todos, além disto o Estado deve criar locais de denúncias nas cidades e desenvolver sites e números de telefones para que as vítimas falem do que sofrerão afim de que seja investigados e pesos os culpados, se tornando tal lei eficaz. As escolas devem promover palestras com psicólogos que conscientize os alunos sobre o quanto está atitude é maléfica e falam dicas de como agir ao ver uma situação assim ou até mesmo sofrer assédio, previndo futuros criminosos é futuras vítimas. Além disto, as escolas devem se reunir com os país os orientando a conversar com os filhos sobre este crime e demostrando como isto é nocivo a sociedade e deve ser debatido com mais relevância.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018