Título da Redação: Porque o ter ainda é mais importante no Brasil

Proposta: A ostentação e o consumismo.

Redação enviada há mais de 2 anos por thay


Celulares de última geração, cordões de ouro, roupas de grife. Essa é uma pequena descrição do que tem se tornado comum entre as camadas mais pobres da população brasileira. O excesso de exibicionismo se tornou popular nas favelas e subúrbios com a chegada de um novo estilo musical: o funk ostentação. Nesse tipo de música os cantores aparecem com muitas jóias e carros importados, além de estarem quase sempre com bebidas. As letras falam de uma falsa riqueza e consumismo exacerbado em festas e bailes.
Embora a condição da população dessas comunidades não permita uma fácil ascensão social, imaginar-se com um status melhor não pareceu má ideia. Com isso, ostentar tornou-se um verbo comum entre os jovens, e os cantores dessas músicas se tornaram ídolos de muitos. Mas, não foi só entre as classes mais pobres em que se teve essa fama. Os de camadas mais altas também se atraíram por expor ainda mais o que têm e atualmente usar roupas de grifes é como um cupom para aceitação social entre eles.
Mesmo que o Brasil seja um país possuidor de uma economia em desenvolvimento, a distribuição de riqueza ainda é muito desigual. Por isso, para a maioria da população o ter ainda é mais importante que o ser. Jovens acreditam fortemente que seu futuro será viver exatamente da mesma maneira que os pais viveram, desse modo preferem a comodidade social à física. Querem estar tranquilos quanto a sua aprovação entre os outros jovens e até mesmo impressiona-los, ainda que para isso tenham que abrir mão de investir em sua saúde, educação ou comodidade no lar.
Ainda acrescenta-se à isso a falta de incentivo dos próprios responsáveis para esses jovens. Pais que trabalham todos os dias apenas para comprar uma roupa para os filhos também querem ter aquela sensação de bem-estar ao verem eles na rua exibindo-se. Muitos não estimulam os estudos, pelo contrário, pensam que se o jovem trabalhar desde cedo será mais fácil dele se sustentar e poder comprar seus sapatos e vestimentas de luxo. Com isso, se tem um ciclo indefinido em que esses jovens no futuro farão questão de aparecer nas festas mais caras com as roupas mais luxuosas, mas no fim da noite terão que voltar a uma moradia precária, sem mantimentos.
É necessário uma mudança no pensamento de todos os jovens. Lutar por boas oportunidades de vida com certeza é muito mais importante do que uma falsa riqueza, apenas com aparência. Há sim possibilidade de se ter uma vida estável e segura, mas é preciso muito estudo e dedicação. Roupas e bolsas de luxo não foram feitas para serem passes de entrada em círculo de amizades, mas sim devem ser apreciadas pela qualidade das mesmas. Conscientizar a toda juventude sobre os malefícios dessa falsa vida de luxo é essencial para se ter pessoas maduras no futuro.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás