Título da Redação: Homem contemporâneo: alvo do capitalismo

Proposta: A ostentação e o consumismo.

Redação enviada há mais de 1 ano por Johnny Fercher


A partir da segunda Revolução Industrial, a qual deu um grande impulso na economia mundial, houve a diversificação e o aumento da produção por todo o globo. Entretanto, posteriormente a tais avanços, obtém-se, no contexto atual, problemas e consequências acerca desse progresso.
Desde o início do século XX, onde a mídia fortaleceu seu papel de disseminadora de propagandas, o cidadão faz parte de um âmbito o qual se tornou alvo do capitalismo. Seja por anúnicos na televisão, nos rádios ou, atualmente, também na internet, o homem é visto como um comprador. Utilizando-se verbos no imperativo (como "compre"), grandes empresas apelam e buscam atrair, de todas as maneiras, a população para que adquira seus produtos. Além disso, é válido lembrar que, periodicamente, tais mercadorias são renovadas a fito de torná-las obsoletas e, dessa forma, as empresas proporcionam as "modas" seguidas pelos cidadãos, conquistando, assim, lucros cada vez maiores.
No momento contemporâneo, no Brasil, o obstáculo a ser enfrentado foi promovido através da terceira Revolução Industrial (também chamada de Revolução Técnico-Científica). Com a ciência e a tecnologia avançando em um ritmo acelerado, grande parcela dos aparelhos inventados ou aperfeiçoados caem em desuso.
Celulares, computadores, televisões e outros eletrônicos são abandonados pela sociedade em virtude do lançamento de outros mais recentes. Tal consumo desnecessário promove problemas para a própria humanidade, dentre as principais: o aumento do lixo e o endividamento de pessoas que, por vários motivos -como a não consciência de classe-, deixam-se sofrer com o sistema capitalista.
Seguindo a ideia do sociólogo Francis Bacon, a consciência é a estrutura das virtudes. Logo, fica evidente que a consciência é a base para a superação do consumismo exacerbado, todavia, não é exclusiva. Portanto, é necessário que o Estado promova uma fiscalização mais severa na mídia, buscando, de tal forma, propagandas menos radicais. É imprescindível, também, que a regência governamental garanta, através de aulas em escolas e faculdades, maior preparo psicológico àqueles que participarão, diretamente, na alimentação do bloco capitalista cujo Brasil faz parte.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás