Título da Redação: A Era da Imagem

Proposta: A ostentação e o consumismo.

Redação enviada há cerca de 3 anos por Milena Goulart


A partir da instalação das repúblicas, da democracia e das sociedades pouco estratificadas com bastantes oportunidades de ascendência social, o desejo de enriquecer tornou-se cada vez mais presente na vida humana. Isso pode ser enfatizado através das representações artísticas, como novelas, telenovelas, e músicas principalmente as brasileiras que têm a burguesia como modelo a ser seguido. Ostentar mesmo sem realmente ter transformou-se na nova moda entre os jovens. Mas até onde essa prática é saudável?

A cada dia que passa a sociedade brasileira depara-se com novos sucessos nas rádios, sendo que a maior parte das letras tem como tema a compra de carros novos e caros, exaltação de marcas têxteis e do dinheiro em si. Esse novo estilo é conhecido como “ostentação” e atrai a atenção principalmente dos jovens de periferia que claramente não têm fácil acesso a tais tipos de artigos. Vê-se uma necessidade de aceitação em uma sociedade camarotizada, que leva as pessoas a se vestirem e comprarem itens destinados à elite, mesmo sem ter o básico para uma vida digna em sua própria residência. Vive-se hoje a era da imagem em que o que é visto é mais importante que os aspectos intrínsecos à personalidade do individuo. Mesmo com toda a necessidade de crescimento não se vê uma melhora na qualidade de vida dos “ostentadores”, o que revela se o sonho da ascensão social apenas uma ilusão sem muitos esforços para tornar-se tangível.

Por outro lado, mesmo contribuindo com o consumismo e a diminuição da sustentabilidade, a moda da ostentação serva para aquecer o mercado e melhorar o setor de comércio que a cada dia cresce mais. A cada vez mais investimentos de modernizações nos setores têxteis e automobilísticos para atender a demanda da nova geração. Além disso, há a maior facilidade de acesso aos produtos caros, como redução de IPI, descontos e prestações a perder de vista. Isso tudo leva a um ciclo vicioso em que os menos favorecidos se endividam cada vez mais para parecer ricos e os ricos só enriquecem-se, o que não é nada saudável. Observa-se, atualmente, um “estufamento” da burguesia tradicional através da ilusão de ascensão social dos pouco abastados.

Dessa forma, medidas que informem e conscientizem a população de que o consumo sem os devidos recursos acarretam vários males são urgentes. A sociedade em conjunto com o poder público podem promover palestras e campanhas através de meios de comunicação de massa sobre os problemas da inadimplência e suas consequências. Além disso, é de suma importância o desenvolvimento da ética e do senso crítico desde a educação infantil para que se tornem adultos providos de bom senso e vontade de ascensão social pelos meios devidos.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás