Título da Redação: A cultura do ter acima do ser

Proposta: A ostentação e o consumismo.

Redação enviada há cerca de 3 anos por Bianca Ferreira


Com o advento da globalização, o capitalismo atingiu o seu ápice, sendo a sociedade “bombardeada” por empresas multinacionais que levavam consigo as suas marcas famosas e desejadas. Diante disso, começou em nossa sociedade a febre do consumismo e da ostentação, fazendo com que o indivíduo perdesse a sua identidade, passando a ser um objeto de marketing de empresas, além de problemas econômicos.
O consumismo caracteriza-se pelo consumo desenfreado de bens que não são necessário e indispensáveis à vida e ao bem estar. Por esse fenômeno está bastante presente em nossa sociedade, foi alvo de diversos estudos e discussões, como do sociólogo Zygmunt Bauman que afirma em uma de suas obras, que, cada vez mais, a sociedade troca o que é duradouro e genuíno, pelo superficial, porém a esses falta opinião crítica para discernir o viável do inviável.
O consumismo é alimentado em nossa sociedade pela ideia de ostentar os bens materiais, atitude essa que é difundida em letras de funk, nas quais é cantada uma vida de rico, com carros de luxo, cordões de ouro e pessoas servindo. Tentando fazer parte do universo de seus ídolos, muitos adquirem dívidas ou colaboram para a fraude de marcas.
A identidade do ser é perdida diante de tantas marcas, pois esse só é aceito em muitos grupos se tiver uma bolsa X ou um celular Y, fazendo do seu corpo um objeto de marketing e publicidade, exemplo disso é a capinha de proteção do celular IPhone que tem um espaço aberto para que o símbolo da Apple apareça e o usuário possa ostentar um dos celulares mais caros, nutrindo a cultura do ter acima do ser.
Portanto, o consumismo e a ideologia da ostentação, fazem com que o indivíduo perca a sua essência, tornando-se apenas uma marionete nas mãos das marcas, além de trazer diversos problemas para esse. Diante disso, cabe ao governo e as ONG´s campanhas de conscientização dos males que essas atitudes acarretam, podendo ser feitas na mídia e em escolas, com aulas de economia, como no modelo europeu, e aos pais complementa-las em casa, com bons exemplos, demonstrando que educação, saúde, moradia e segurança devem ser prioridades.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás