Título da Redação: O seu direito não é maior que o do outro

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há quase 3 anos por Gisele Eça


A religião está intimamente ligada à cultura e devem ser respeitadas independente de sua origem ou descendência. Nos últimos meses o Brasil vem registrando inúmeros casos de intolerância religiosa, que nada mais é que, o desrespeito e o preconceito para com outras religiões, esses acontecidos vem fragilizando a laicidade do Estado, e colocando em risco muitas pessoas inocentes e praticantes de suas religiões.
Tratando-se de um Estado laico, todas as religiões deveriam ser tratadas de maneira igualitária, porém o preconceito vem se alastrando, em forma de humilhação e violência com desrespeito as religiões minoritárias, principalmente as de origem africana, violando os Direitos Humanos, garantidos na Constituição.
Segundo a Secretaria de Direito Humanos da Presidência da Republica nos últimos anos as denuncias de ofensa à religião aumentaram em media 600%, e nos últimos meses o estado em que mais são registradas denuncia é no Rio de Janeiro, onde ocorreu o caso da menina Kailane Campos de onze anos que foi apedrejada por dois homens após sair de um culto de Cadomblé, vestida de branco.
De acordo com a lei nº 11635/07, Intolerância Religiosa é crime de ódio e fere a dignidade humana. E o acusado pode ser punido. Denunciar um agressor é mais que um direito do cidadão e sim um dever, pois impede que outras pessoas se tornem vitimas.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás