Título da Redação: O limite da intolerância

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há cerca de 3 anos por Igor Henrique


Na Idade Média por volta do século XII, o movimento da igreja católica denominado Santa Inquisição, perseguiu, torturou e condenou, milhares de pessoas apenas por serem contra a doutrina cristã, eram os chamados hereges. Muito tempo se passou até então e, a intolerância religiosa continua presente. Engana-se quem pensa que para com ela se deparar tenha que viajar em direção a estados extremistas. Brasil, um país laico e miscigenado, com grande parte da população intolerante desrespeitosa e fanática.

O Brasil é um país formado por diversas culturas e etnias, desta forma, a religião não se estabelece de forma homogênea. Catolicismo, protestantismo, islamismo, candomblé, são exemplos destas, e entre muitas diferenças apresentam uma semelhança, a intolerância para com opiniões contrárias, principalmente das que possuem mais fiéis e poder, sob as com menor expressão numérica. Como visto em uma série de reportagens publicado pelo Globo, fieis da umbanda e do candomblé são vítimas de 22 das 53 denuncias registradas de intolerância religiosa em um período de seis meses. De 840 terreiros, 430 foram alvos de preconceito, em sua maioria em locais públicos segundo um estudo da PUC-Rio.

O que falta não é somente uma punição adequada a estes infratores, falta respeito e bom senso. Todo tipo de fanatismo deve ser controlado, pois cidadãos fanáticos são facilmente manipuláveis. Como ocorreu na Alemanha com a população em adoração ao regime nazista liderado por Adolf Hitler no período da segunda guerra mundial, ou pelos fanáticos cristãos nas cruzadas, que deixaram milhões de mortos em prol da conquista da terra santa na Idade Média. Ou seja, as pessoas precisam perceber quando estão perdendo o equilíbrio e sendo extremas, e precisam respeitar as diferenças de um país multicultural.

Contudo, conclui-se que a intolerância religiosa no país provém da falta de respeito e do fanatismo da população. Espera-se que o governo dê a devida atenção a este problema, criando leis e punições eficientes, e ainda, supervisione os extremismos, ficando perto e ciente das ações das instituições religiosas. Resta ao povo questionar, para que assim se conscientize do grande perigo com qual convivemos.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás