Título da Redação: EM NOME DE MAOMÉ

Proposta: A intolerância religiosa no Brasil

Redação enviada há quase 3 anos por Bianca Brandão


Um dos maiores assassinatos em massa, conhecido mundialmente como Holocausto, tinha como bandeira o antissemitismo, pautado em explícitas perseguições aos judeus. Essa aversão, que causa repugnância à maioria das pessoas, é reproduzida diariamente em menor escala, principalmente em países que passaram por um processo de aculturação, como o Brasil. Desse modo, a incompreensão das crenças tem sido motivação para atos criminosos que causam implicações culturais e sociais, que devem ser evidenciadas.
Em primeiro lugar, é importante ressaltar a formação da religiosidade brasileira. Se faz evidente, através da Carta de Pero Vaz de Caminha e de seus relatos sobre a catequização dos índios, em 1500, a intolerância religiosa por parte dos portugueses. Mais tarde, os escravos africanos foram também, coibidos de manifestarem seus rituais. Assim, tais comportamentos ainda ecoam em meio a sociedade e dificultam a convivência. Por essa razão, devido a recorrência de atos criminosos realizados "em nome de Deus", foi anexada a Constituição uma lei que qualifica como crime, diferentes tipos de afrontas religiosas, tanto morais quantos físicas.
Uma ação que ganhou destaque no cenário mundial, foi o ataque à redação do jornal Charlie Hebdo, em Paris. Realizado por mulçumanos, o massacre foi uma resposta às charges que ironizavam Maomé. Tal atentado, apoiado por muitos que caracterizam-no como defesa à fé, apresenta caráter criminoso e, até mesmo terrorista. É importante destacar, ainda, as invasões a Templos religiosos e quebra de imagens sagradas, acontecidos em Minas Gerais e no Rio de Janeiro. Atos como esses, ilustram a clara necessidade de tantos indivíduos em impor-se às escolhas de outrem.
Fica claro, portanto, que o comportamento discriminatório à doutrinas está enraizado na conduta dos brasileiros e precisa ser combatido. Para isso, é necessário efetiva conscientização em prol da tolerância das diferenças. A escola deverá acrescentar na grade estudantil disciplinas que abordem essa temática, e, em parceria com a mídia, expor o caráter criminoso de qualquer atitude preconceituosa. Dessa forma, vislumbraremos um futuro harmônico, em que todos possam exercer suas crenças, sem receio de serem perseguidos ou massacrados como ocorreu ao longo da história.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás