Título da Redação: O abuso jamais será merecido.

Proposta: A cultura de estupro no Brasil

Redação enviada há quase 2 anos por CianeOlivianaElias


Em maio de 2016 houve um grande caso de esfupro no país; uma adolescente de 16 anos foi violentada sexualmente por mais de trinta homens na capital do Rio de Janeiro. O caso foi notícia em todo o mundo causando revolta e indignação nas pessoas que tomavam conhecimento do caso. Mas o que mais veio a surpreender foi o amplo número de pessoas que  culpou a jovem por ser a causadora do abuso sofrido, pelo fato do ambiente em que ela frequentava e também por ser usuário de drogas.
    Fatos como esse ratificam o machismo arreigado na estrutura social brasileira. Destarte, a sociedade idealiza a "bela, recatada e do lar", e qualquer mulher que não estiver seguindo a esse padrão de "mulher ideal" consequentemente sofrerá desvalorização e o não reconhecimento de respeito e direitos. Desde os anos 1500 no Brasil, com a chegada dos portugueses, a mulher já sofria o estupro banalizado quando tinham que "servir" sexualmente aos senhores das fazendas... Sendo vista apenas como objetos de proporcionar prazeres próprios e seres incapazes de formar opiniões. 
     Existem insolentes que além de culpar a vítima como geradora do abuso, tentam justificar essa atrocidade usando argumentos fátuos, como por exemplo, que o homem não é capaz de controlar seus instintos sexuais. A religião de certa forna, quando ela é mal interpretada, contribui para que consolidem o pensamento de que a mulher é submissa e incapaz de ter autonomia e exigir respeito, tornando-a apenas um vegetal. Consoante, o número de casos de abusos sexuais no ano é extremamente alarmante - são mais de 500 mil casos registrados ao ano, segundo o IBGE. A ineficácia das leis e o julgamento social faz com que muitas dessas mulheres se calem, deixando o crime sofrido no anonimato.
   Para enfrentar esse problema, é mister a educação de toda a sociedade. É importante que escolas façam palestras sobre assédio e machismo aos alunos. Cabe ao governo promover campanhas midiáticas conscientizando a população sobre violência sexual e as consequências físicas e psicológicas causados à vítimas. Cabe também aos três  poderes, executivo, legislativo e judiciário, um  compromisso de criar, executar e acompanhar leis mais eficazes para punir tais criminosos.
Sendo assim, o problema será erradicado.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018