Título da Redação: Um grande abismo social

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há mais de 2 anos por Erika Dias


De acordo com o dicionário, a palavra camarotização significa a segregação, tratamento desigual dado a uma pessoa ou a um grupo com base em preconceito de alguma ordem, através da separação física entre as camadas sociais. A vontade de se diferenciar dos demais advêm desde momentos passados.
Por exemplo, o destino manifesto que considerava os estadunidenses superiores aos demais povos, demostrando o etnocentrismo reinante, um desejo interminável de serem sempre elevados culturalmente, intelectual dos outros indivíduos, adotando práticas, atitudes e comportamentos que os destaquem.
A camarotização pode ser assemelhada ao Darwinismo Social reforçado pelo William Graham que afirmava: "Os milionários são um produto da seleção natural", reforçando a ideia da superioridade da elite e a lei dos mais fortes e adaptados, onde os mais aptos naturalmente vão se sobressair, onde a aptidão pode ser suas posses, os lugares que tem se tornado cada fez mais divididos os elitizados e outra para os menos favorecidos, segregando nos shows, estádios de futebol; a distância pode ser medida em metros, mas no sentido figurado um abismo.
Contudo, os conflitos sociais são a base do poder, e cabe ao governante ter a habilidade de administrar esses conflitos, utilizando do que Maquiavel defende, a virtú e fortuna, habilidade de ação com a realidade da sociedade, se prevenindo antes mesmo que algo de fato ocorra, utilizando politicas de não camarotização em locais, para que todos possam frequentar livremente o mesmo espaço, banindo toda forma de separação em todo e qualquer lugar.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

Não existem comentários. Seja o a comentar neste texto.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás