Título da Redação: Triste herança

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Sara Frassatti


A sociedade brasileira convive com as desigualdades sociais desde a sua colonização, onde negros e pobres apenas frequentavam os mesmos ambientes que a elite burguesa em posições consideradas inferiores.
Atualmente é possível observar os resquícios dessa herança desigual na disposição geográfica das diferentes camadas sociais nas cidades brasileiras. Em geral, a população mais rica mora em bairros com a melhor infraestrutura, bens e serviços públicos e privados. Enquanto nas periferias vivem pessoas de baixa renda que não possuem escolha nessa segregação involuntária.
Essa estratificação se expande a diversos setores, separando mais bruscamente o contato entre as diferentes classes, como, por exemplo, áreas reservadas, com vários preços, para cada nível econômico em shows, teatros, estádios de futebol, entre outros.
Grandes investimentos devem ser realizados em todos os setores públicos. Criando redes de educação, saúde, segurança e lazer. Contribuindo ao máximo à inserção das camadas mais empobrecidas e fazendo com o que todos queiram usufruir dos bens e serviços públicos, sem distinção de nenhum tipo, como assegura a constituição federal brasileira.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    A ideia de fazer um percurso cronológico da história da desigualdade no Brasil desde o período colonial é muito pertinente. Acontece, entretanto que o candidato não se aprofundou muito no tema, o que teria enriquecido o texto. A proposta de intervenção está vaga. O candidato sugere que sejam feitos "grandes investimentos" de modo a criar "redes de educação, saúde, segurança e lazer". Mas o que isso significa? Que tipo de investimentos devem ser feitos? Quem faria tais investimentos? De que modo isso seria feito? Além disso, o candidato deve prestar atenção ao uso do "onde", feito de modo equivocado no primeiro parágrafo. De resto, o candidato demonstra bom domínio da língua padrão e do tipo textual dissertativo-argumentativo.

  • Enviado por Ingrid Dayse

    Na introdução esta faltando a tese, no desenvolvimento falta exemplos práticos e na conclusão a solução do problema tem que ser prática (me ensinaram que precisamos responder o como fariamos)

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás