Título da Redação: Tratando Diferencialmente

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Jenneph Félix


"Igualdade, liberdade e fraternidade" foram ideais franceses que influenciaram o mundo durante o sec. XVIII. Estes ideais formam a base a Constituição brasileira, e é nela, na Constituição, que está escrito: "todos são iguais perante a lei". Mas o alcance desta lei não tem abrangido a sociedade como um todo.
O tratamento diferenciado não é algo novo na sociedade brasileira: durante anos houve separação entra brancos e negros, hoje, além desta há a separação por renda. Os "benefícios" para os mais ricos é diretamente proporcional ao seu poder de aquisição: entradas vip's em shows, teatros e até acentos de avião.
Infelizmente essa segregação não abrange só o espaço privado, mas o público também, como a compra ou locação de ambientes situados em ruas, praias, estádios e assim por diante.
É necessário tratar os desiguais desigualmente para que possam se equiparar. Investimentos no setor publico, como na educação e saúde, tornarão os frequentadores destes locais uma única classe.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    A argumentação do texto é consistente, apesar de pouco detalhada e superficial. O uso dos ideais franceses "igualdade, liberdade e fraternidade", bem como da constituição brasileira é pertinente. Falta, entretanto, aprofundamento no tema. A proposta de intervenção diz: "É necessário tratar os desiguais desigualmente ", mas o que isso significa? Como isso seria feito? Por quem? Além disso, como que os sugeridos "Investimentos no setor publico" ajudariam na resolução do problema? Ademais, o candidato precisa atentar-se para desvios de concordância, como no trecho: "Os benefícios para os mais ricos é diretamente proporcional ao seu poder..."

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás