Título da Redação: Tragam Mandela de volta!

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há mais de 1 ano por usuário anônimo.


É de conhecimento geral que a segregação não é novidade em nossa sociedade. A barreira social entre pobres e ricos, negros e brancos, heterossexuais e homossexuais, homens e mulheres está ficando cada vez mais aparente. A ignorância do pensamento sexista, racista, homofóbico, infelizmente, perdura até os dias de hoje.
Cada vez mais a educação, saúde e o bem-estar social são influenciados pelas características da pessoa. Assim como a insciente ideologia sexista de que a mulher tem que ficar em casa limpando, passando, cozinhando enquanto o homem tem que trabalhar para sustentar a família. A camarotização, às vezes, é feita por nós mesmos quando pensamos que as escolas boas são as particulares onde ricos estudam, e as ruins são as públicas onde os pobres estudam, mas não é bem assim. O colégio Pedro II, por exemplo, lidera o ranking de escolas públicas do RJ no Enem de 2015.
De acordo com o Prof. Michael J. Sandel, “O maior erro é pensar que serviços públicos são apenas para quem não pode pagar por coisa melhor. Esse é o início da destruição da idéia do bem comum. Parques, praças e transporte público precisam ser tão bons a ponto de que todos queiram usá-los, até os mais ricos.”
Para o fim dessa camarotização, é necessária a união entre as distintas classes sociais separadas. É o novo Apartheid, conjunto de leis segregacionistas criado, na África do Sul, em 1920. Mas quem será o nosso Nelson Mandela?


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Enviado por Myllene Santos

    Gostei da redação,mas acho que o foco ficou muito na questão das características de cada pessoa e você não falou de outras causas. Outro ponto que você deveria prestar mais atenção é no que a proposta esta pedindo:MEIOS PARA SUPERAR A DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL,ou seja, você tem que apresentar medidas para solucionar o problema. Uma dica que eu daria seria a colocação de mais argumentos que reforcem sua tese e de um desenvolvimento melhor desses argumentos.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás