Título da Redação: sociedade de estamentos

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há mais de 3 anos por Hildeney de Souza Lima Lima


Em 1888, foi sancionado a lei Áurea, cujo extinguia a escravidão no Brasil, no entanto não houve um política de inclusão social para ex-escravos, por isso não lhes restaram outra alternativa a não ser marginalizar-se. Este ocorrido, foi uma das várias ocasiões em que a sociedade brasileira foi segregada. Sobre estes extratos sociais, vale destacar: a divisão existente entre estudantes de escolas particulares, públicas e os privilégios de cada qual.
Um estudante de colégio privado, detêm uma considerável qualidade de ensino. A razão disso seria porque, possuem uma infraestrutura física peculiar, professores com currículos invejáveis, um material de apoio especifico para determinadas pretensões e afins. Além de gozar de todas essas vantagens, normalmente são de classe social elevada.
Por outro lado, um aluno do sistema público de ensino, geralmente passa por dificuldades na aprendizagem. Isso se deve pois, na maioria dos casos, o espaço físico é precário, comumente passam por greves e em algumas situações, possuem um material didático de pouca qualidade. Embora os institutos federais têm mostrado outra realidade, ainda são uma minoria irrelevante, diante a todo alunado da educação pública nacional.
De forma análoga, há um certo privilegio entre ambas as partes, entretanto, muito desigual. Estudantes de escolas públicas atualmente podem concorrer a vagas em universidades por meio das cotas. Trata-se de uma política de inclusão que tem como objetivo a equidade no ingresso a faculdade, disponibilizando cinquenta por cento das vagas a essas categoria. Em contrapartida, aqueles de colégios privados podem disputar a outra metade. Todavia, esses estudantes representam cerca de doze por cento do alunato brasileiro, mas ainda assim, podem ficar com metade das vagas.
De acordo com o exposto, parece claro que, instituições privadas e escolas públicas têm suas diferenças, causando um separatismo social com desigualdades. Seria interessante, se o governo investisse mais em escolas de ensino integral, de acordo o modelo de ensino de institutos federais e colégios militares, pois esses mostraram ser tão competitivos quanto os particulares. Feito isso, quem sabe daremos fim nessa sociedade de estamentos.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás