Título da Redação: "Sociedade" brasileira.

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Gabriel Henrique Parisoto


Após a década de 60, o Brasil sofreu diversas alterações, tanto na educação quando na sociedade. Porem, houve avanços positivos e negativos.
A educação brasileira mudou muito após a ditadura, e consequentemente, ela melhorou. Porém, houve certas diferenças sociais, pois antigamente, todos eram muito unidos nos estudos e nas agregações públicas e estaduais; não havia classes, havia sociedade nas instituições de ensino fundamental e médio; porém, houve pontos positivos na educação de um tempo para cá, que foi o ensino superior, que por sua vez, qualquer um pode se matricular, tanto classe alta quanto média.
Mas a sociedade entre si está se desmoronando, porque cada família está relacionada a classes, e geralmente, essas classes, não se "misturam" com as outras, principalmente de classe alta, pois todos acham que os "ricos" deixaram o orgulho subir na cabeça. Portanto agora, existem shoppings centers, lojas, colégios, moradias etc, para cada classe, o que leva a separação total delas.
Com tudo isso acontecendo, o nosso próprio povo acaba se desmerecendo de algo relativamente fútil em relação a separação de seus iguais. O que levou a todos se separarem em empregos, atividades de lazer e principalmente, na educação.
Não podemos ter todos os mesmos direitos, mas podemos ter toda a noção e o respeito que devemos ter para com nossos iguais e superiores. Todos nós queremos algo em comum: ter uma sociedade unida em suas classes, culturas e religiões; e ter uma educação privilegiada e igual para todos.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    A argumentação do texto é confusa e contraditória. É necessário ter certeza da veracidade do que se está afirmando. Há no texto a repetição contínua de informações superficiais e pouco detalhadas. Por que após a ditadura a educação melhorou? Antigamente não haviam "classes sociais"? O que isso significa? O que quer dizer "avanços negativos"? Por que todos não podem ter os mesmos direitos? Além disso, a proposta de intervenção sugere que "podemos ter a noção e o respeito que devemos ter para com nossos iguais e superiores", mas o que isso significa? Como isso seria feito? Qual o papel de outras áreas da sociedade (escola, família, igreja, ongs) na resolução do problema? Ademais, o candidato demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás