Título da Redação: Sem título

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há quase 3 anos por Luiza Aquino


Na sociedade contemporânea o assunto:segregação de classes, vem sendo foco de muitos debates, pois em vez de ocorrer diminuição deste fato, nota-se um aumento absurdo, o que na democracia não deveria acontecer.
Durante a maior parte do século XX , estádios, escolas e outros ambientes, eram compartilhados de uma forma mais igualitária, ricos e pobres, lado a lado se divertiam e adquiriam conhecimento, mas com os avanços tecnológicos e distribuição irregular das rendas, esse cenários foi se modificando.
Um evento denominado "camarotização" foi o que roubou esse cenário, hoje notamos uma separação marcante das classes, ricos em área vip, pobres na arquibancada geral, não há mais o convívio entre eles, e isso só faz aumentar as diferenças e a exclusão por parte de alguns.
Com isso, o que antes era disponível, de boa qualidade, para todos, hoje reserva-se a alguns. Os marginalizados tendem a ficar mais distantes, e os "cheios da grana" mais exaltados, o respeito também está se findando, e a vida social, tornando-se um caos.
Diante disso, deve-se tomar medidas urgentes, para conter esse avalanche segregacional, como a melhoria de espaços públicos, pois quando são de qualidade todos querem usufruir, além da propagação do respeito, para só assim, voltar ao antigo e bom convívio social.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

Não existem comentários. Seja o a comentar neste texto.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás