Título da Redação: Segregação social

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há quase 3 anos por Janyelle Vieira


Relativo a exclusão sofrida por determinados grupos sociais e como isso afeta diretamente nos seus direitos de cidadão, é possível afirmar que tamanha ignorância é injusta e precisa ser extinta visto que a opressão tem causado, desde a época da escravidão, inúmeros problemas para a sociedade e suas formas de relacionamento.
Ainda antes da época escravista, era notório o quão a raça negra era desvalorizada, já no período de descobrimento do Brasil, havia uma classe sendo explorada, a dos índios. Essa prática não cessou e até os dias de hoje, mesmo com a abolição da escravatura, são encontradas práticas de trabalho subumano. Isso ainda acontece nas áreas de maior carência - tanto financeira, quanto de informações.
Como se seguisse uma linha de sucessão, os índios e negros são discriminados também atualmente. Os índices só confirmam esses dados: há menos deles nas universidades e em cargos de importância nas empresas. Muito já foi mudado e alguns avanços servem de exemplo para futuras modificações, como foi o caso da mulher na sociedade, que antes não possuía direitos básicos como o trabalho e o voto.
Portanto, para que não exista nenhum tipo de segregação, é preciso que o governo atente e intensifique propostas de inclusão, como as cotas para universidades e que a escola em parceria com a mídia proponham campanhas de conscientização contra o preconceito, pois só assim avançaremos e romperemos essa barreira que tenta afastar a sociedade, dividindo-a por questões étnicas.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

Não existem comentários. Seja o a comentar neste texto.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás