Título da redação:

Segredação social: tudo acabará um dia.

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada em 28/01/2015

Esse processo de segredação por classe se tornou cada vez mais revoltante. Principalmente agora, onde estamos vivendo isso tão visualmente, e porque o sistema governamentário faz questão de demonstrar isso, dando privilégio aos ricos e os separando das pessoas humildes. Um belo exemplo disso são as favelas do Rio de Janeiro e São Paulo, onde se vê, do alto, os prédios enormes, chiques e de aparência modernas e, ao lado, se vê casas de forma fraca, aos pedaços, acabadas. Não é possível que onde um mundo que prega a frase "semos todos iguais", faça totalmente o oposto do contexto da mesma, separando as classes sociais, mesmo que "vizinhas de porta", por altos muros e portões. Deus mesmo disse para não acumularmos riquezas onde traça e ferrugem podem corroer e ladrões podem roubar, aqui na terra; mas ajuntar tesouros no céu. Todos irão morrer, e quando morrer, o dinheiro não irão com eles. Precisamos que nosso governo faça melhor o uso da frase "somos todos iguais", para que a sociedade seja igualitária e equivalente em valores humanos.