Título da Redação: Redação sem título.

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há mais de 1 ano por bianca yuki


A segregação na população se da por diversos motivos, em algumas sociedades o motivo é racial, em outras religioso, mas com o avanço capitalista a segregação que mais ganhou reforço, mesmo que muitas vezes despercebida, é a socioeconômica, em uma observação feita por Michael J. Sander, professores da Universidade de Harvard, sobre a analogia entre a introdução de camarotes aos estádios e o distanciamento entre as classes sociais, pode-se observar que a sociedade, muitas vezes por uma questão lucrativa, se separa em dois espaços, um reservado para quem possui maior poder monetário e o outro para os que não possuem tal privilégios.
Apesar do estádio ser um exemplo menos evidente na rotina das pessoas, ele segue a mesma lógica dos condomínios, que constituem em um conjunto de moradias, que possuem assistência diferente das residências ao redor, assistência que requer daqueles que usufrui, um pagamento mensal, ou seja baseado no grau de riqueza de cada família, reforçando cada vez mais diferenças no próprio espaço urbano, criando classificações como "bairro de elite" que constitui da camada alta da sociedade e "bairro mais pobre" que comporta a população mais carente.
A desigualdade social, portanto, é o grande fator responsável pela existência de privilégios de uma parte considerada minoria no Brasil, os mais ricos, a diferença de renda entre as famílias fazem suas realidades serem, muitas vezes, muito distintas, o que pode e, a maioria das vezes, gera, discordâncias e preconceitos entre as classes, gerando um recuo entre esses grupos sociais invés de uma "aproximação",
Pode se concluir que a segregação socioeconômica se da como consequência de uma sociedade influenciada pelo consumo, as partes sociais que visam o lucro, vão procurar privilegiar quem possui mais capital, o que pode ser evitado pela diminuição de privatizações e reforço de manutenção nas estruturas já estatizadas, já que se não houver modernização dessas estruturas , outras alternativas serão procuradas por aqueles que podem escolher e a parcela que não tem esse poder, será prejudicada, reforçando a discrepância socioeconõmica.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás