Título da Redação: Paredes sem tijolos

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há mais de 2 anos por gabriel morais


Castelos para reis casebres para plebeus; pirâmides para faraós campo para os pobres. O processo de estratificar a sociedade de forma censitária era pratica comum a vários povos antigos. Porém, a realidade que poderia estar apenas nos livros de historia, se faz mais real na sociedade hodierna. Assim, as pirâmides sociais estão cada vez mais visíveis, já que agora se vê o “rico” literalmente em cima: nos camarotes.
O camarote- estrutura criada para separar “ricos” de “pobres” nas igrejas medievais e que ganhou grande espaço nas festas de hoje em dia- tem , atualmente, uma nova versão: os camarotes sociais. Essas novas “paredes segregarias” são as escolas particulares, clinicas privadas entre outras instituições onde o dinheiro dita as regras. Contudo, essas instituições só refletem o que uma parte da sociedade pensa, o serviço público não está bom, e isso atrelado ao espirito capitalista de superioridade que alguns mais favorecidos economicamente têm, foram os “tijolos” que ergueram o “muro” que separa a favela do condomínio de luxo.
A democracia não prega uma igualdade absoluta mais, a partilha de uma vida comum é essencial, principio quebrado com a “camarotização”. Dessa forma, perde-se o convívio que poderia se mostrar enriquecedor, contribuindo para que os menos afortunados possam sonhar e acreditar com um futuro melhor , já que estão ao lado dos mais afortunados que por sua vez aprenderiam a valorizar o trabalho e as coisa simples da vida.
Em suma, a história já mostrou que sempre que se tentou separa a população as perdas foram grandes a exemplo apartheid. Em fim para que se possa ter um povo mais uno é necessário que o governo melhore os serviços públicos, para que todos se sintam atraídos a usá-los. Urge também a necessidade de que as famílias preguem o ideal de igualdade de classes. Talvez dessa forma a pirâmide social se transforme numa esfera.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

Não existem comentários. Seja o a comentar neste texto.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás