Título da Redação: O Antagonismo social brasileiro

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há mais de 1 ano por usuário anônimo.


“O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigualdade, de descaso.” Essa grande frase do antropólogo brasileiro Darcy Ribeiro, deixa evidente que o Brasil carrega nas costas um impasse social já antigo, que se encontra longe do fim.
A segregação brasileira não é recente, sempre houve luta de classes e distinção entre a população, porém, isso está ficando cada vez mais intenso. Quando um indivíduo de classe média atinge um direito social, outro de classe alta se acha no privilégio de algo de maior mérito. Isso fica claro em shows, por exemplo, as áreas vips são caríssimas e mais próximas ao palco, enquanto as outras pessoas ficam em locais mais longes. As pessoas ‘’ricas’’ não gostam mais de se misturarem em ambientes públicos com outras pessoas, com isso, país está perdendo seu slogan de país miscigenado e acolhedor.
Além disso, as pessoas com mais condições financeiras saem na frente daqueles que, por mesmos direito, também usufruem bens públicos. Nota-se que nas oportunidades, por direito, a segregação fala alto, dado que uma pessoa rica coloca seu filho em uma ótima escola para conseguir uma vaga na melhor faculdade pública, enquanto as classes mais baixas disputam as mesmas vagas com menor valor intelectual. Isso é uma grande contradição, pois na Constituição Brasileira preconiza-se que todos são iguais perante a lei, no entanto, o Estado não garante, de maneira satisfatória, igualdade a todos, o que contribui ainda mais para a disseminação dos contrastes.
Em suma, o principal fator que distancia os seres humanos é o dinheiro, pois uma sociedade cada vez mais capitalista esquece dos valores humanos e naturais que nascem junto ao cidadão. Então, a ideia de sociedade justa e igualitária, continua fazendo parte da visão socialista, e isso, parece estar fora de cogitação para o Brasil.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Amanda Karoline Oliveira Barbosa

    Olá, tudo bem? O seu primeiro se inicia bem, mas para ficar melhor, você poderia ter trabalhado mais na citação de Darcy Ribeiro, mostrando que possui domínio sobre o assunto. O desenvolvimento da sua redação está bom, bem elaborado, bem estruturado, articulado, informativo e com uma boa linha argumentativa, mesmo assim, observe nas minhas marcações os erros apontados, e busque corrigi-los. Você conclui bem a redação, porém, não elabora uma proposta de intervenção, e o Enem exige uma proposta de intervenção. Lembre-se que a proposta de intervenção tem como objetivo solucionar os problemas apresentados pelo tema, sempre respeitando os direitos humanos. No mais, te desejo sucesso e bons estudos.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás