Título da Redação: Narcisismo coletivo

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por André


O ser humano, segundo Freud, é extremamente narcisista. Essa idealização de si tem como consequência, o menosprezo pelo outro. Na vida em sociedade, em vários momentos da história, percebeu-se uma espécie de narcisismo coletivo, em que determinada raça se denominava superior a outra.
O modelo escravocrata e o nazismo são alguns dos principais exemplos de segregação e falta de democracia, e engana-se quem pensa que esses modelos de pensamento ficaram nos livros de História. Na Rússia, por exemplo, quando a população ver uma pessoa de cor negra na rua chegam a apontar.
No Brasil, a segregação além de racial é, também, de cunho financeiro, em que pobre é sinônimo de assaltante. Esse argumento fica evidente no dia a dia quando se caminha pela rua. Quando percebe-se um rapaz negro e mal vestido fica-se instantaneamente em estado de alerta. Para evitar a mesclagem de classes sociais os ambientes de lazer, como estádios e casas de show, colocam o preço do camarote com um preço inacessível para a maioria da população, fortalecendo a segregação.
Portanto, conclui-se que a segregação entre pessoas é de cunho cultural, tendo o governo grande responsabilidade , como proibir preços de camarotes muito diferente dos demais lugares e fazer campanhas para promover a fraternidade e respeito ao próximo, valores que estão ficando apenas nos livros.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    O candidato só entra no tema de fato no penúltimo parágrafo, todo o resto passa a impressão de ser uma enorme introdução. Apesar da argumentação ser consistente, é necessário que o candidato aborde o tema desde as primeiras linhas. A citação de Freud, a comparação com outros períodos da história e com outros países são abordagens pertinentes e que enriquecem a argumentação. A proposta de intervenção é boa, entretanto poderia ter sido mais detalhada. Que tipo de campanhas seriam feitas para promover a fraternidade entre as pessoas? Quem promoveria tais campanhas? Qual o papel da família, da escola, da igreja, de ongs e dos indivíduos na resolução desse problema? No mais, o candidato demonstra bom domínio da língua padrão.

  • Enviado por Vedson Dyno

    A sua introdução e conclusão foram boas! Gostei também da tese apresentada, mas percebi que em alguns traços há um certo envolvimento, porém, nada que com uma prática melhore!

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás