Título da Redação: Miscigenação das classes sociais

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Jéssica Hakime


No mundo de hoje, independente do lugar onde estejamos, podemos perceber a diferença entre as classes altas e baixas. Isso não é novidade, ricaços com seus apartamentos belíssimos e seus casarões, e nossos meros humanos com seu apartamento humilde, sua casinha recatada no meio de obras faraônicas. Mas, a princípio os lugares públicos deveriam ser para todos - por isso o público - mas em lugares como estádios, shows, baladas e bares começou a ter uma diferenciação. Seja com preços mais caros, áreas "vips", camarotes e afins. Não que eu ache errado conseguir um lugar privilegiado mas, pagar caro por isso? Se isolar de um determinado pessoal em uma área pública? Não é o certo,
Creio que deveriam fazer sorteios para esses eventos, assim todos se misturavam, afinal, todos somos humanos e não pode haver distinção. Podemos fazer uma ligação dessa questão socioeconômica com a obra "cidade e as serras" onde tem os mais poderosos economicamente e o menos favorecidos. Vemos que cada um tem seu jeito próprio, mas quando Jacinto vai para a serra, vemos que pode sim haver a mistura dessas duas classes, que hoje em dia está quase extinta.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    O tema é bem abordado, apesar de não extrapolar os textos motivadores da coletânea. A argumentação é previsível e não demonstra conhecimento extra de mundo. Além disso, todo o texto é informal, coloquial e oralizado. O candidato se coloca em primeira pessoa e usa expressões típicas da oralidade, o que acaba por empobrecer a redação. Em um texto formal como esse, é necessário que o candidato mantenha um certo distanciamento, mantendo a impessoalidade. A proposta de intervenção é exequível, porém muito sucinta. Seria importante o candidato refletir sobre o que as outras áreas da sociedade (escola, governo, família, ongs) poderiam fazer para ajudar na resolução do problema. De resto, o candidato deve atentar-se à pontuação.

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    O tema é bem abordado, apesar de não extrapolar os textos motivadores da coletânea. A argumentação é previsível e não demonstra conhecimento extra de mundo. Além disso, todo o texto é informal, coloquial e oralizado. O candidato se coloca em primeira pessoa e usa expressões típicas da oralidade, o que acaba por empobrecer a redação. Em um texto formal como esse, é necessário que o candidato mantenha um certo distanciamento, mantendo a impessoalidade. A proposta de intervenção é exequível, porém muito sucinta. Seria importante o candidato refletir sobre o que as outras áreas da sociedade (escola, governo, família, ongs) poderiam fazer para ajudar na resolução do problema. De resto, o candidato deve atentar-se à pontuação

  • Enviado por Aleff Sobral

    Oi, você poderia evitar se colocar em primeira pessoa, lembre-se que é mais recomendável ser impessoal na redação. Evite também usar aumentativos ou diminutivos , se for preciso os coloque entre aspas. Espero ter ajudado , abraço .

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás