Título da Redação: Desigualdade social: sombra de um muro invisível

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Larissa Morais


Os muros divisores de classes estão presentes no cotidiano do brasileiro, mas estes são invisíveis logo pertencer a níveis sociais diferentes não significa estar livre de presenciar a desigualdade , de ver de "camarote" o abismo que se faz presente entre o rico e o pobre.
O crescimento desordenado dos grandes centros tem contribuído para que o prédio de luxo seja vizinho dos barracos humildes.Essa aproximação resulta na percepção clara de que poucos detêm muitos bens e muitos detêm poucos.
Diante de tudo isso fica difícil qualificar o governo como democrático, como feito para o povo, quando este não assisti a todos de forma uniforme.Não se trata somente de riqueza e pobreza , se trata de serviços públicos prestados a poucos de modo a privar alguns destes serviços.
É utópico pensar em crescimento vivendo em meio a tantas desigualdades , para o Brasil reverter essa situação deve-se primeiramente de alguma maneira erradicar a segregação de classes para que este se torne um país onde haja equivalência entre salários, assistência pública igualitária e obsolescência dos termos rico e pobre, quando estes últimos puderem ser iguais perante a sociedade a segregação de classes desaparecerá.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    Há pouco aprofundamento no tema, o candidato mantém-se na superfície. Aborda a desigualdade social, mas não discute a segregação proposta no tema. A redação acaba se mostrando confusa. É necessário que o candidato se atente à pontuação do texto e à grafia de algumas palavras (como "assisti" ao invés de "assiste") . A proposta de intervenção sugere que "de alguma maneira" a segregação seja erradicada, mas qual seria essa maneira? Quais os agentes? De que modo isso aconteceria?

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás