Título da Redação: Democracia de elite

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há quase 3 anos por Mariana Goulart


Desde a antiguidade, existe, entre os homens, diferenças socioeconômicas, criando nos mais ricos a ideia de superioridade em relação aos demais. Contudo, tal superioridade passou a se mostrar concreta na sociedade, tornando questionável o motivo da segregação social com base nas posses e sua relação com a democracia. Com isso, medidas que possibilitem a reunião das classes tornaram-se necessárias.
A concretização da distinção dos mais ricos passou a ser conhecida como “camarotização social”, demonstrando a divisão da sociedade em áreas privilegiadas, designadas àqueles que possuem melhores condições financeiras. Embora seja compreensiva a ideia de que as melhores coisas sejam entregues aos podem que podem pagar por elas, a separação das classes fere claramente a democracia, pois nega a igualdade dos homens e estabelece menor poder de influência aos integrantes das classes mais baixas.
Um exemplo da “camarotização” é o uso de transportes públicos, muitas vezes rejeitados por aqueles que têm condições de pagar por meios de transporte mais selecionados. Isso também acontece com as instituições de ensino oferecidas à população, que, muitas vezes, se mostram insatisfatórias se comparadas às instituições privadas. Conforme são perceptíveis as rejeições diante dos serviços públicos, deve-se questionar a eficácia dos mesmos, pois só faz uso deles os que não podem investir em serviços melhores, destruindo as semelhanças entre as classes e aumentando a disputa entre as mesmas.
Logo, torna-se evidente a necessidade de maiores investimentos de verbas, para que haja uma melhora nos serviços oferecidos à população. Através de propagandas, é possível atrair um maior número de usuários e, também, evidenciar as melhorias feitas pelo governo em tudo o que é prestado ao público. Desta forma, a sociedade voltará a perceber a eficácia dos serviços públicos e, consequentemente, haverá a reunião das classes e a reintegração dos ideais democráticos que, por tanto tempo, se ausentaram na sociedade.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Ariana Lobo

    A introdução está incompleta, pois não situa o leitor acerca do tema que será abordado de modo satisfatório. O candidato demonstra argumentação consistente, além de domínio da modalidade escrita padrão da língua, bem como do tipo textual requerido. A proposta de intervenção é exequível e resolveria o problema, mas e além do governo, quais outras áreas da sociedade (escola, família, instituições religiosas, ongs, etc) podem agir (e de que modo?) para a resolução do problema?

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás