Título da Redação: Complexo de estratificação

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há mais de 2 anos por Janiele Dias


Na formação da sociedade cristã ocidental era mais importante o ser do que o ter. No entanto, marcado atualmente pela estratificação social, o Brasil vive um estágio monopolista do sistema capitalista que inverte esses valores. O discernimento das prioridades coletivas por intermédio do saldo bancário de cada um causa o aprofundamento das segregações sociais e a deturpação de democracia.
Poucos séculos atrás o povo era influenciado pelos grandes pensadores das áreas de humanas e exatas. Atualmente, o consumo desperta o interesse de uma maioria sine qua non e perpetua a influência em uma escala gradativa. No entanto, os privilégios mais satisfatórios da esfera consumista são para os que possuem poder aquisitivo elevado, conferindo-lhes uma posição de maior aceitabilidade e destaque nesse meio.
Segundo Max Weber, o status é uma qualidade de honra social e cada indivíduo é condicionado por um modo de vida específico. Dessa maneira, a entidade brasileira se baseia na hierarquia dos que a constituem. Em detrimento desse fato, o separatismo prevalece no convívio entre os corpos sociais de diferentes condições socioeconômicas. Assim sendo, estas vantagens culminam em um Apartheid social e distorce o sentido de democracia que há no país.
Portanto, são perceptíveis os individualismos perpetuado por essa gama de elitizações sociais. Para que isso mude, a identidade de essência do homem tem que se expandir na consciência de todos. Os governantes devem se interessar em melhorar os espaços públicos para mostrar que é possível o cidadão comum ter regalias sem pagar quantias exacerbadas para tê-las; Além de promover programas culturais de acesso igualitários e nesse eventos o objetivo seja proferir que somos de um mesmo povo e nação.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

Não existem comentários. Seja o a comentar neste texto.

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás