Título da Redação: Camarotização: Um processo reversível.

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há mais de 1 ano por usuário anônimo.


No Brasil, o processo de camarotização de setores que outrora era acessível à sociedade independente de classe social, agora segrega e intensifica a desigualdade. Isso advém não apenas pelo interesse por parte de algumas empresas em obter lucro, como também pela falta de investimentos em obras públicas de qualidade.
Um dos fatores que contribuem para a camarotização da sociedade provém, certamente, de interesses por parte de empresas privadas, pois estas atribuem valores desiguais a diferentes setores em um mesmo evento, provocando uma segregação entre as classes, em que os indivíduos de baixa renda permaneçam em lugares de menor prestígio, enquanto o contrario acontece com os indivíduos de alto pode aquisitivo. Como acontece nos estádios de futebol. Isso resulta no aumento da desigualdade social no país.
Outro fator que permeia para o processo de camarotização, indubitavelmente advém da falta de investimento das Prefeituras, Estados e do Governo Federal em parques, praças e no lazer de qualidade, pois, diante do descaso com as áreas públicas que vivenciamos, os detentores de uma renda maior buscam outros ambientes de lazer, onde os cidadãos de menor renda não podem frequentar devido aos altos valores cobrados. A exemplo disso temos os shoppings centers lotados aos finais de semana, contribuindo para a permanência da segregação.
Por essa razão, o processo de camarotização na sociedade brasileira é uma constante. Por isso, é preciso que o Governo Federal, juntos as prefeituras e aos Estados, façam investimentos de qualidade nos espaços públicos, tal como praças e parques, visando o uso comum dos cidadãos, independente da renda e classe social, para que dessa forma o Brasil torne-se um país menos desigual.


Deixe seu comentário

  • Campo obrigatório


Comentários enviados

  • Correção Gratuita
    Enviado por Yasmin Rodrigues de Oliveira

    Olá, tudo bem? O seu texto está bem desenvolvido, todavia, ele não traz argumentos que legitimem os argumentos desenvolvidos, portanto, procure trazer para o seu texto dados de pesquisas, estatísticas, alusões históricas etc. para que o seu texto venha a persuadir o seu leitor em relação às afirmações feitas nele. Estude anáfora e catáfora, para que você não cometa mais equívocos empregando o "esta", quando, na verdade, o correto seria vir o "essa" empregado, ok? Pesquise o que é coesão referencial e quais são os elementos textuais usados para retomar o referenciante, pois em seu texto, algumas vezes, faltou retomar o referenciante e faltou identificá-lo e isso atrapalha bastante a compreensão do leitor. Pesquise quando o "onde" deve vir empregado dentro do texto também, ok? Sobre a sua intervenção social, procure desenvolvê-la bem e com detalhes e lembre-se: o Enem pontua com nota máxima intervenções sociais que desenvolvem, no mínimo, três soluções bem detalhadas, leve isso em consideração e, portanto, desenvolva mais as suas intervenções sociais. Até a próxima redação!

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás