Título da Redação: Camarotização: segregação das classes sociais

Proposta: A “Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Redação enviada há cerca de 3 anos por Maria das Graças Siqueira de Medeiros Medeiros


Durante a construção da civilização judaico-cristã, sempre se pregou que o "ser" é mais importante que o "ter". Com a ascensão do capitalismo, principalmente durante a Primeira Revolução Industrial, houve uma inversão desses valores. Uma das heranças deixada por esse modelo foi a segregação social, em razão de nem todos terem o mesmo poder econômico. A camarotização consiste na separação física entre diferentes elementos, geralmente em consequência das diferentes condições financeiras.
O ato de segmentar em camarotes acarreta esses "Apartheid" social que o Brasil enfrenta atualmente. Pode-se ilustrar através das passagens aéreas. Antes,esse meio de transporte era utilizado apenas pela camada mais alta da sociedade. Com a melhoria do trabalho e dos salários, a classe mais baixa começou a ter acesso a esses serviços. As empresas para atender aos desejos da elite, criou a classe executiva nos aviões, com maiores preços e cadeiras mais espaçosas. Uma maneira para segregar os espaços, pois o "patrão" não pode viajar nos mesmos padrões de sua "empregada".
Para Karl Marx essas ideias elitistas, entendem-se como uma disputa de classes, entre o explorado e o explorador. A recusa em compartilhar os mesmos espaços, traz a tona pensamentos separatistas em que não há integração das camadas sociais. Os que têm "menos" não devem se misturar com os que têm "mais", contribuindo assim para a construção de um muro da segregação social.
Dessa maneira, percebe-se que o sistema capitalista atua como ser excludente, quebrando os princípios de democracia, em que garante-se igualdade para todos. Devido a isso, é visível que precisa-se ter o controle dessa disputa, por meios de políticas de renovação para os menos favorecidos.
Torna-se evidente, portanto, que deve-se ter uma intervenção por parte do estado no que se diz respeito à segregação dos espaços, através da igualdade entre os assentos nos aviões, e o fim dos camarotes em qualquer lugar ou evento. Deve-se ter também debates em locais públicos, como nas escolas, proferidos por mestres em sociologia sobre a grande problemática da segregação social. Dessa maneira, teremos o fim da luta de classes, e o compartilhamento do mesmo espaço por diferentes elementos, independentemente das situações financeiras.

Receba 48 redações corrigidas por apenas R$ 18 por mês *
Clique e conheça nossos planos

* Valor equivalente por mês para o Plano Anual.

Últimos Vídeos no Youtube

Clique aqui e inscreva-se no nosso canal

Img

Como driblar os desafios da liberação do porte de arma - Tema de redação para o ENEM

Img

A questão da fome no Brasil e seus fatores motivadores - Tema de redação para o ENEM

Img

Dicas de gramática: Colocação pronominal

Img

5 Possíveis Temas de Redação para o ENEM 2018

Rua 235, Número 294. Setor Leste Universitário. Goiânia/GO. Telefone: (62) 3209 6034

Projeto Redação © 2018 - Orgulhosamente Feito em Goiás